A Adidas lançou um manifesto em que procura dar ainda mais força à mulher dentro do esporte. O vídeo "She Breaks Barriers" ("Ela quebra barreiras", em tradução livre) foi veiculado durante a transmissão do Sunday Night Football, na rede americana NBC, e reforça o foco que a comunicação do esporte tem dado ao público feminino ao longo de 2018.

O manifesto é narrado pelo jogador de futebol americano Von Miller. Ele manda um recado à empresa. "Querida Adidas, nós acreditamos que no esporte temos o poder para mudar vidas. Mas existem muitas barreiras entre as mulheres e o esporte", afirma Miller, para então encorajar as mulheres a mudarem suas vidas.

Foto: Divulgação / Adidas

Agora, o foco da marca passa a ser a mulher no esporte. O tema vem ganhando cada vez mais relevância. Além da defesa da igualdade de gênero, está por trás uma das principais fatias de consumo da indústria esportiva, pois as mulheres respondem pelas principais vendas das empresas, o que reforça a necessidade de as marcas usarem canais para dialogarem diretamente com elas.

Recentemente, a Nike usou a tenista americana Serena Wiliams para abordar o tema de força das mulheres. A empresa também lançou um manifesto neste ano, com o mote "Escuta As Minas", com o objetivo de inserir o público feminino no meio esportivo. Atletas e celebridades apareceram em vídeo da companhia.

Nas últimas semanas, a Under Armour aproveitou a carta de uma fã a Stephen Curry para mudar a nomenclatura dos tênis infantis de basquete, que deixaram de ser apenas para "meninos" e passaram a ser para crianças. Além disso, a marca prometeu uma novidade para 8 de março, quando será o dia Internacional da Mulher.

Mesmo marcas que não fazem parte do universo do segmento têm adotado a estratégia de valorização do público feminino no esporte. Nesta segunda-feira (10), por exemplo, o Maracanã chamou Marta para ser a primeira mulher a entrar para a Calçada da Fama da arena. Na Europa, a Visa resolveu abraçar o futebol feminino da Uefa, na última semana. Foi a primeira empresa a fechar um acordo do tipo.

Para completar o ano de iniciativas mais enfáticas para as mulheres no esporte, a Globo anunciou que, pela primeira vez, a emissora fará a transmissão da Copa do Mundo de futebol feminino, que será disputada na França, em 2019.

O discurso da Adidas coroa um ano em que a mulher entrou definitivamente na comunicação que envolve o mercado esportivo em todo o mundo.


Notícia Mulher feminino esporte marketing manifesto Adidas estratégia mídia comunicação mercado esportivo