“Presidente do CPB vê diminuição do preconceito com o desporto paraolímpico e diz que escassez de investimentos tem origem na gestão”

Vital Severino Neto
Foto Vital Severino Neto Nascido na cidade de Campina Verde (MG), Vital Severino Neto, de 57 anos, é presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) desde 2001. A carreira de dirigente, porém, começou há 24 anos, quando Vital criou um grupo destinado a deficientes visuais interessados na prática esportiva em Uberlândia. Aos 7 anos, o mineiro perdeu a visão dos dois olhos após um incidente ocorrido enquanto brincava. Formado em Direito, Vital nunca exerceu a profissão e preferiu militar no esporte. Por dez anos, foi atleta profissional e destacou-se em eventos regionais. Dirigiu a Associação de Desportos para Cegos entre 1985 e 1988, cargo que voltou a ocupar entre 1993 e 2001. Em 1996, Vital foi convidado para fazer parte do CPB como secretário geral. Exerceu a função por cinco anos, até assumir a presidência da entidade.