“Presidente do CPB vê diminuição do preconceito com o desporto paraolímpico e diz que escassez de investimentos tem origem na gestão”

Vital Severino Neto
Foto Vital Severino Neto Nascido na cidade de Campina Verde (MG), Vital Severino Neto, de 57 anos, é presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) desde 2001. A carreira de dirigente, porém, começou há 24 anos, quando Vital criou um grupo destinado a deficientes visuais interessados na prática esportiva em Uberlândia. Aos 7 anos, o mineiro perdeu a visão dos dois olhos após um incidente ocorrido enquanto brincava. Formado em Direito, Vital nunca exerceu a profissão e preferiu militar no esporte. Por dez anos, foi atleta profissional e destacou-se em eventos regionais. Dirigiu a Associação de Desportos para Cegos entre 1985 e 1988, cargo que voltou a ocupar entre 1993 e 2001. Em 1996, Vital foi convidado para fazer parte do CPB como secretário geral. Exerceu a função por cinco anos, até assumir a presidência da entidade.

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
5Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
10Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021