“Presidente do CPB vê diminuição do preconceito com o desporto paraolímpico e diz que escassez de investimentos tem origem na gestão”

Vital Severino Neto
Foto Vital Severino Neto Nascido na cidade de Campina Verde (MG), Vital Severino Neto, de 57 anos, é presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) desde 2001. A carreira de dirigente, porém, começou há 24 anos, quando Vital criou um grupo destinado a deficientes visuais interessados na prática esportiva em Uberlândia. Aos 7 anos, o mineiro perdeu a visão dos dois olhos após um incidente ocorrido enquanto brincava. Formado em Direito, Vital nunca exerceu a profissão e preferiu militar no esporte. Por dez anos, foi atleta profissional e destacou-se em eventos regionais. Dirigiu a Associação de Desportos para Cegos entre 1985 e 1988, cargo que voltou a ocupar entre 1993 e 2001. Em 1996, Vital foi convidado para fazer parte do CPB como secretário geral. Exerceu a função por cinco anos, até assumir a presidência da entidade.

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Asics apresenta no Rio novos uniformes da seleção de vôlei
2Robinho encerra imbróglio com Nike e fecha contrato com Adidas
3Sem Libertadores, Flamengo bate recorde na Copa do Brasil
4Análise: Estádio novo já é diferencial no mercado brasileiro
5Adidas lança bola de ‘despedida’ da Bundesliga
6Grupo Globo tem novo diretor para negociações no esporte
7Por entrega, piloto da Stock Car vira empreendedor
8Globo celebra números recordes do Cartola FC
9Após 19 anos de Olympikus, Asics é nova parceira de vôlei brasileiro
10NBB amplia patrocínio com conteúdo no Facebook