“O Flamengo deveria terceirizar seu marketing”

Maurício Dias
Foto Maurício Dias Maurício Dias é um dos sócios da empresa Fã-Clube, que faz a gestão e marketing do Ceará, Fortaleza, Remo, Vila Nova e ABC de Natal. Sua formação, no entanto, está distante da sua função atual. O empresário fez faculdade de física na Universidade de São Paulo, mas nem chegou a concluir o curso. Dedicou-se a uma empresa de tecnologia, que fazia controle de acesso. Nesse ramo, trabalhou para condomínios de alto padrão. Seu envolvimento com o futebol começou alguns anos depois, quando foi contratado pelo Internacional para cuidar do acesso ao estádio de Volta Redonda, quando ele foi reformado e recebeu os clubes do Rio, órfãos do Maracanã que passava por reformas ao o Pan-Americano. Depois, a empresa assumiu o controle tecnológico do então recém-criado plano de sócio-torcedor do Internacional, fazendo o mesmo em clubes como o Atlético Paranaense. Maurício vendeu a empresa em 2008 e fundou a Fã-Clube, focada não em tecnologia, mas em marketing esportivo. Naquele ano, assume a gestão do Ceará, o primeiro clube da agência.

Número do dia

R$ 1,3 mi

Foi a renda do São Paulo na partida contra o Corinthians; com 51 mil pessoas no Morumbi, time teve seu melhor público no ano.

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Globo apresenta nova divisão de cotas a clubes
2CSM Brasil inaugura camarote de luxo no Allianz Parque
3Uber ativa parceria com Manchester United
4São Paulo x Corinthians dá recorde de audiência à Globo no domingo
5Arena Corinthians aproveita seleção para promover camarotes
6Palmeiras e Botafogo lançam pacotes para acompanhar time na Libertadores
7Tottenham irá jogar em Wembley na próxima temporada
8Ronaldinho Gaúcho conta sua história e dá dicas em e-book
9Anta prepara R$ 1,5 bi para adquirir marcas esportivas
10Análise: F-1 tem que correr contra o tempo