“O achismo e o risco têm que diminuir cada vez mais”

Mario Ruggiero
Foto Mario Ruggiero Mario Ruggiero foi formando pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo. Há 17 anos, ele é diretor comercial na Nielsen Company, empresa especializada em pesquisa de mercado. Antes, foi representante de vendas da Bríndice Publicações e Propaganda, onde permaneceu por três anos e meio. Em fevereiro deste ano, a Nielsen se juntou à Koch Tavares para criar um braço esportivo, a Nielsen Sports, apostando no amadurecimento desse mercado no Brasil. O objetivo da empresa é fazer um acompanhamento de empresas que investem ou queiram investir em patrocínios no esporte. Fora do Brasil, a Nielsen fez recentemente medições no mercado publicitário envolvendo eventos como a Copa do Mundo.

Número do dia

1,79 bilhões

de reais é a dívida do Corinthians para arcar com a arena; após meses de negociação, time voltou a pagar parcelas do estádio.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Análise: Corinthians e São Paulo deverão sofrer com aportes em 2018
2Diretor diz que Under Armour deixa São Paulo
3McDonald’s acerta com Neymar para ativar Copa do Mundo
4Grêmio terá turbante personalizado no Mundial de Clubes
5Paysandu lança coleção de uniformes em homenagem a seleções campeãs
6Cia do Terno não renova, e Corinthians busca patrocinador máster para 2018
7Cabify usa esporte de novo e acirra disputa de apps
8 Análise: Clubes fazem conta errada na hora de escolher material esportivo
9Análise: Clubes precisam deixar de vender mídia e gerar negócios
10Após alardear "revolução", Sportflix sai do ar