“Dona da fabricante Champs explica como pretende entrar no mercado do futebol e compara início ao de Bill Gates”

Mari Leandrini
Foto Mari Leandrini Bacharel em matemática, Mariceli Leandrini herdou a indústria de confecção da família, a P. Leandrini. Durante alguns anos, a empresa se especializou em confeccionar produtos para outras marcas, que utilizavam a sua estrutura para venderem no mercado nacional. Com a experiência adquirda, a executiva criou a marca Champs, especializada em uniformes de futebol. Na última semana de novembro de 2008, a empresa ganhou espaço no mercado esportivo ao fechar contrato de patrocínio com o Vasco por R$ 23 milhões em três anos e meio, desbancando a Reebok. Mari Leandrini é, atualmente, dona da Champs e cuida de toda a parte administrativa da indústria da família, que hoje só se dedica à marca do futebol.

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Como a Puma quer virar o jogo sobre Nike e Adidas
2WTorre prevê retorno mais cedo com Allianz Parque
3Corinthians terá Camarotes Festa para jogo contra Flamengo
4Dono do Manchester City compra time no Equador
5Corinthians terá escova de dente licenciada
6Nike investe US$ 1 bi em ampliação de sede nos EUA
7Fluminense inaugura 3ª loja oficial em Nova Iguaçu
8Fluminense volta ao Maracanã com festa e promoções
9Suning vende smartphone customizado da Inter de Milão
10Agência promove turismo para Copa sem autorização