“Dona da fabricante Champs explica como pretende entrar no mercado do futebol e compara início ao de Bill Gates”

Mari Leandrini
Foto Mari Leandrini Bacharel em matemática, Mariceli Leandrini herdou a indústria de confecção da família, a P. Leandrini. Durante alguns anos, a empresa se especializou em confeccionar produtos para outras marcas, que utilizavam a sua estrutura para venderem no mercado nacional. Com a experiência adquirda, a executiva criou a marca Champs, especializada em uniformes de futebol. Na última semana de novembro de 2008, a empresa ganhou espaço no mercado esportivo ao fechar contrato de patrocínio com o Vasco por R$ 23 milhões em três anos e meio, desbancando a Reebok. Mari Leandrini é, atualmente, dona da Champs e cuida de toda a parte administrativa da indústria da família, que hoje só se dedica à marca do futebol.

Número do dia

120 mi

De libras receberá Lewis Hamilton pela renovação com a Mercedes por mais três anos

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1'Limpo', Tite fecha contrato com Cimed
2Meltex leva exposição do Palmeiras ao interior
3Grêmio repete audiência da final da Copa do Brasil
4Nike dá tênis comemorativo a jogadores do Corinthians
5Em festa, Paraná deixa torcedor escolher preço de ingresso
6 Globo fecha com Banco Real para F-1
7Grêmio joga por título e por faturamento de 2016
8Jaraguá Futsal renova acordo com Magnus para 2018
9Esporte lucra em feriado nos Estados Unidos
10Análise: Esporte não pode ter medo de ganhar dinheiro