“Diretora executiva do Instituto Ayrton Senna explica porque a entidade aposta em corridas de rua para fortalecer marca”

Margareth Goldenberg
Foto Margareth Goldenberg Formada em psicologia pela Universidade Paulista (Unesp), Margareth Goldenberg convivia diariamente com Viviane Senna, irmã do piloto Ayrton Senna. A relação entre as duas transformou-se em vínculo profissional após a morte do ídolo em 1994. A partir daí, as duas começaram a colocar em prática a "herança" do esportista para a sociedade. Com o objetivo de manter os projetos que Ayrton já tocava em segredo em vida, Viviane Senna e Margareth Goldenberg fundaram o Instituto Ayrton Senna em novembro de 1994. Quase quinze anos depois, a amiga da irmã do ex-piloto de Fórmula 1 é a diretora executiva da entidade, e responde, entre outras coisas, pela organização e a promoção de eventos como o Ayrton Senna Racing Day, corrida de rua que tem como objetivo captar recursos e fortalecer a imagem da instituição.

Número do dia

900 milhões

de euros deve faturar o Barcelona neste ano, um incremento de 40% em relação à temporada passada; meta é de chegar a 1 bilhão em 2021.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Copa do Nordeste é primeiro torneio do continente a ter produtos licenciados
2Osasuna fecha com Hummel e é mais um a substituir Adidas
3Patrocínio da Petrobras é destaque em lançamento de novo carro da McLaren
4Centauro patrocina amistoso do Barcelona em Pernambuco
5Band abre mão de Copa, que só terá Globo na TV aberta
6Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
7Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
8Desodorante Axe, da Unilever, fecha com rivais Boca Juniors e River Plate
9Empresa de bebidas energéticas pode comprar Force India, da F1
10Alfa Romeo Sauber acerta patrocínio da Claro na F1