“Diretora executiva do Instituto Ayrton Senna explica porque a entidade aposta em corridas de rua para fortalecer marca”

Margareth Goldenberg
Foto Margareth Goldenberg Formada em psicologia pela Universidade Paulista (Unesp), Margareth Goldenberg convivia diariamente com Viviane Senna, irmã do piloto Ayrton Senna. A relação entre as duas transformou-se em vínculo profissional após a morte do ídolo em 1994. A partir daí, as duas começaram a colocar em prática a "herança" do esportista para a sociedade. Com o objetivo de manter os projetos que Ayrton já tocava em segredo em vida, Viviane Senna e Margareth Goldenberg fundaram o Instituto Ayrton Senna em novembro de 1994. Quase quinze anos depois, a amiga da irmã do ex-piloto de Fórmula 1 é a diretora executiva da entidade, e responde, entre outras coisas, pela organização e a promoção de eventos como o Ayrton Senna Racing Day, corrida de rua que tem como objetivo captar recursos e fortalecer a imagem da instituição.

Número do dia

1,79 bilhões

de reais é a dívida do Corinthians para arcar com a arena; após meses de negociação, time voltou a pagar parcelas do estádio.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Análise: Corinthians e São Paulo deverão sofrer com aportes em 2018
2Diretor diz que Under Armour deixa São Paulo
3McDonald’s acerta com Neymar para ativar Copa do Mundo
4Paysandu lança coleção de uniformes em homenagem a seleções campeãs
5Grêmio terá turbante personalizado no Mundial de Clubes
6Cia do Terno não renova, e Corinthians busca patrocinador máster para 2018
7Cabify usa esporte de novo e acirra disputa de apps
8 Análise: Clubes fazem conta errada na hora de escolher material esportivo
9Análise: Clubes precisam deixar de vender mídia e gerar negócios
10Após alardear "revolução", Sportflix sai do ar