“Diretora executiva do Instituto Ayrton Senna explica porque a entidade aposta em corridas de rua para fortalecer marca”

Margareth Goldenberg
Foto Margareth Goldenberg Formada em psicologia pela Universidade Paulista (Unesp), Margareth Goldenberg convivia diariamente com Viviane Senna, irmã do piloto Ayrton Senna. A relação entre as duas transformou-se em vínculo profissional após a morte do ídolo em 1994. A partir daí, as duas começaram a colocar em prática a "herança" do esportista para a sociedade. Com o objetivo de manter os projetos que Ayrton já tocava em segredo em vida, Viviane Senna e Margareth Goldenberg fundaram o Instituto Ayrton Senna em novembro de 1994. Quase quinze anos depois, a amiga da irmã do ex-piloto de Fórmula 1 é a diretora executiva da entidade, e responde, entre outras coisas, pela organização e a promoção de eventos como o Ayrton Senna Racing Day, corrida de rua que tem como objetivo captar recursos e fortalecer a imagem da instituição.

Número do dia

206 milhões

De reais é a renda bruta de bilheteria da Arena Corinthians desde a sua inauguração, antes da Copa de 2014.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos
2Mesmo com estatuto, São Paulo tem novo escândalo
3Coritiba fecha patrocínio pontual com empresa de impressão
4Cambuci, dona da Penalty, tem prejuízo de R$ 5,9 milhões em três meses
5Com investidores, Michael Jordan e Derek Jeter compram Miami Marlins
6Clássico eleva audiência da Copa do Brasil no Rio
7Análise: Conhecer o cliente é a próxima tarefa dos clubes no Brasil
8Mayweather cobrará 25 milhões de dólares por uso de espaço em suas roupas
9Messi e Suárez são armas de Argentina e Uruguai para sediarem Mundial de 2030
10Estados Unidos apresenta lista de 49 estádios para sediar Copa 2026