“O esporte é um produto excelente, e com um produto bom você consegue sensibilizar o público”

Luis Felipe Tavares
Foto Luis Felipe Tavares Aos 15 anos, Luis Felipe Tavares foi considerado pela revista americana “World Tennis Magazine” o melhor tenista do planeta em sua categoria. Um ano depois, ao lado de Thomas Koch e Edison Mandarino, integrou a equipe brasileira que chegou à decisão da Copa Davis de tênis em 1966. Tão precoce quanto a trajetória no tênis foi a história de Tavares no mundo dos negócios. Em 1972, uniu-se com Thomaz Koch a Koch Tavares, empresa de marketing esportivo que surgiu no mercado do tênis e que depois ampliou sua atuação a outros segmentos. Em 1973, por exemplo, a Koch Tavares foi a empresa responsável por dois eventos de tênis que marcaram o início do “Esporte Espetacular”, revista esportiva semanal da Globo, que naquela época ainda era transmitida nas tardes de sábado. Também foi a Koch Tavares uma das principais artífices no desenvolvimento do vôlei de praia. A empresa começou a trabalhar com a modalidade ainda na década de 1980, e acompanhou o desenvolvimento do esporte até sua consolidação no programa dos Jogos Olímpicos de 1996. A história é parecida com o esforço que a Koch Tavares tem feito com o futebol de areia, esporte que também tem se desenvolvido com ajuda da empresa, mas que ainda não conseguiu chegar aos Jogos Olímpicos. Tavares teve a carreira no tênis abreviada por problemas no joelho e na clavícula. Além de presidir a Koch Tavares, ele foi responsável pelo lançamento da revista “Tênis” e da academia Tennis Center.

Número do dia

R$ 500 mil

Cobrou a concessionária do Maracanã para a realização do Fla-Flu no estádio; jogo acabou transferido para Brasília.

Bradesco

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Análise: Marcas não fogem de quem dá retorno
2Barcelona quer ‘festa’ em jogos do Camp Nou
3Chapecoense consegue valorização nos direitos de TV
4Manchester City quer ter filial no Uruguai
5Após escândalos, Brasil e Uruguai vivem momentos distintos
6Ponte usa humor e interação para crescer em rede social
7Confederação de rúgbi renova com mais um patrocinador
8Fórmula 1 lança serviço de viagem customizada
9NBA veta descanso de jogadores durante temporada regular
10Parceiros comerciais trazem troféus de Copa e da Premier League ao Brasil