“A empresa está mais robusta, e obviamente o montante investido passa a ser muito maior”

Leonardo Linden
Foto Leonardo Linden Com formação pela Kellogg School of Management, da Universidade de Northwestern, sediadas nos Estados Unidos, Leonardo Linden está atrelado à empresa que deu origem à Raízen desde fevereiro de 2005. À época, o executivo era assessor global de produtos da ExxonMobil. Após passar pela assessoria global de estratégia e pelo cargo de gerente de transição, viu a Cosan comprar da ExxonMobil, em abril de 2008, os ativos da marca Esso no Brasil. Em novembro de 2008, então, Linden passou ao posto de diretor de marketing da Cosan, quando, em setembro de 2009, assumiu a vice-presidência de marketing da companhia. Em junho de 2011, depois de Cosan e Shell anunciarem a criação de joint-venture no Brasil, denominada Raízen, o executivo passou a ocupar a diretoria executiva de marketing e estratégia da Raízen, dona das marcas Esso e Shell no país.