“A maior parte das cidades da África do Sul não soube aproveitar o potencial da Copa”

Lars Haue-Pedersen
Foto Lars Haue-Pedersen Formado em economia pela SDU, universidade da Dinamarca, onde também fez mestrado. Lars Haue-Pedersen abriu a empresa de consultoria TSE Consulting em 2002. Nela, teve como clientes a Federação Internacional de Natação e a candidatura de Pequim para os Jogos Olímpicos de 2008, além de trabalhos para a universidade de Lausanne, na Suíça. Sua carreira no esporte começou como secretário-geral da federação de vôlei da Dinamarca. Depois, foi diretor de desenvolvimento da federação da mesma modalidade, mas dessa vez na Suíça. No país, começou sua carreira como consultor; ele foi diretor da Beaufort Sports Consulting antes de fundar a TSE.

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Como a Puma quer virar o jogo sobre Nike e Adidas
2WTorre prevê retorno mais cedo com Allianz Parque
3Corinthians terá Camarotes Festa para jogo contra Flamengo
4Dono do Manchester City compra time no Equador
5Corinthians terá escova de dente licenciada
6Nike investe US$ 1 bi em ampliação de sede nos EUA
7Fluminense inaugura 3ª loja oficial em Nova Iguaçu
8Fluminense volta ao Maracanã com festa e promoções
9Suning vende smartphone customizado da Inter de Milão
10Agência promove turismo para Copa sem autorização