“A maior parte das cidades da África do Sul não soube aproveitar o potencial da Copa”

Lars Haue-Pedersen
Foto Lars Haue-Pedersen Formado em economia pela SDU, universidade da Dinamarca, onde também fez mestrado. Lars Haue-Pedersen abriu a empresa de consultoria TSE Consulting em 2002. Nela, teve como clientes a Federação Internacional de Natação e a candidatura de Pequim para os Jogos Olímpicos de 2008, além de trabalhos para a universidade de Lausanne, na Suíça. Sua carreira no esporte começou como secretário-geral da federação de vôlei da Dinamarca. Depois, foi diretor de desenvolvimento da federação da mesma modalidade, mas dessa vez na Suíça. No país, começou sua carreira como consultor; ele foi diretor da Beaufort Sports Consulting antes de fundar a TSE.

Número do dia

R$ 1,3 mi

Foi a renda do São Paulo na partida contra o Corinthians; com 51 mil pessoas no Morumbi, time teve seu melhor público no ano.

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Globo apresenta nova divisão de cotas a clubes
2CSM Brasil inaugura camarote de luxo no Allianz Parque
3Uber ativa parceria com Manchester United
4São Paulo x Corinthians dá recorde de audiência à Globo no domingo
5Arena Corinthians aproveita seleção para promover camarotes
6Palmeiras e Botafogo lançam pacotes para acompanhar time na Libertadores
7Tottenham irá jogar em Wembley na próxima temporada
8Ronaldinho Gaúcho conta sua história e dá dicas em e-book
9Anta prepara R$ 1,5 bi para adquirir marcas esportivas
10Análise: F-1 tem que correr contra o tempo