“A maior parte das cidades da África do Sul não soube aproveitar o potencial da Copa”

Lars Haue-Pedersen
Foto Lars Haue-Pedersen Formado em economia pela SDU, universidade da Dinamarca, onde também fez mestrado. Lars Haue-Pedersen abriu a empresa de consultoria TSE Consulting em 2002. Nela, teve como clientes a Federação Internacional de Natação e a candidatura de Pequim para os Jogos Olímpicos de 2008, além de trabalhos para a universidade de Lausanne, na Suíça. Sua carreira no esporte começou como secretário-geral da federação de vôlei da Dinamarca. Depois, foi diretor de desenvolvimento da federação da mesma modalidade, mas dessa vez na Suíça. No país, começou sua carreira como consultor; ele foi diretor da Beaufort Sports Consulting antes de fundar a TSE.