“Diretor de marketing da Gillette fala sobre o patrocínio da empresa à seleção brasileira de futebol, assinado até 2010”

José Cirilo
Foto José Cirilo A carreira de José Cirilo, 35, tem profunda identificação com a Gillette. O executivo foi contratado pelo grupo em 1995, quando começou a trabalhar na Paper Made, que pertencia à marca. Em 1999, Cirilo transferiu-se para a Duracell, outra empresa do grupo. Maranhense, mas criado no Rio de Janeiro desde os dez anos, ele passou um ano em Boston (Estados Unidos) e voltou ao Brasil na temporada seguinte para atuar na fabricante de baterias. Outra mudança na carreira de Cirilo aconteceu em 2002, quando ele assumiu a gerência de marketing da Gillette. Depois disso, o executivo acompanhou várias mudanças na marca, como a venda ao grupo Procter & Gamble. Cirilo ainda foi deslocado para a Always Absorventes entre 2006 e 2007, quando assumiu a diretoria de marketing da Gillette. Apesar das mudanças, a carreira dele sempre esteve ligada ao mesmo grupo.

Número do dia

206 milhões

De reais é a renda bruta de bilheteria da Arena Corinthians desde a sua inauguração, antes da Copa de 2014.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos
2Mesmo com estatuto, São Paulo tem novo escândalo
3Coritiba fecha patrocínio pontual com empresa de impressão
4Cambuci, dona da Penalty, tem prejuízo de R$ 5,9 milhões em três meses
5Com investidores, Michael Jordan e Derek Jeter compram Miami Marlins
6Clássico eleva audiência da Copa do Brasil no Rio
7Análise: Conhecer o cliente é a próxima tarefa dos clubes no Brasil
8Mayweather cobrará 25 milhões de dólares por uso de espaço em suas roupas
9Messi e Suárez são armas de Argentina e Uruguai para sediarem Mundial de 2030
10Estados Unidos apresenta lista de 49 estádios para sediar Copa 2026