“Diretor do Grupo Dass diz que marcas devem trabalhar mais a mídia e afirma que atuação do grupo no Brasil tem reflexos no comportamento das marcas no exterior”

Francisco Machado
Foto Francisco Machado Formado em administração de empresas, com especialização em marketing, Francisco Machado começou sua carreira profissional longe do esporte. Durante quase duas décadas, passou pelo banco Noroeste, pela alimentícia Danone e pela têxtil Hering, na qual permaneceu durante dez anos. Sua entrada no mundo do futebol aconteceu em 1992, quando foi trabalhar na Umbro do Brasil. Passou pelos cargos de diretor de marketing e assessor da presidência até assumir o comando da marca no país. No topo, tornou-se um dos quatro nomes do marketing dos ingleses no mundo. Em 2000, a Umbro foi vendida para a empresa Clássico (que depois se transformaria em Dass), e Machado deixou o grupo. Voltaria a trabalhar no setor em 2006, quando acertou com o grupo Dass.

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Análise: Patrocínio não é grana no fim do mês
2Fluminense e Palmeiras atualizam mascotes para novas realidades
3Adidas desiste de renovar, e NBA terá novo fornecedor a partir de 2017
4Por torcedores, Santos inaugura sub-sede em São Paulo
5CSM Brasil inaugura camarote de luxo no Allianz Parque
6Apostador ganha R$ 385 mil de forma antecipada por apostar em título do Leicester
7Bilionário Soros compra 1,9% do Manchester United
8Contra pirataria, Nike faz acordo com Amazon
9Adidas customizará tênis com fotos de Instagram a partir de agosto
10Nike confirma acordo com a NBA e substituirá Adidas em 2017