“Diretor do Grupo Dass diz que marcas devem trabalhar mais a mídia e afirma que atuação do grupo no Brasil tem reflexos no comportamento das marcas no exterior”

Francisco Machado
Foto Francisco Machado Formado em administração de empresas, com especialização em marketing, Francisco Machado começou sua carreira profissional longe do esporte. Durante quase duas décadas, passou pelo banco Noroeste, pela alimentícia Danone e pela têxtil Hering, na qual permaneceu durante dez anos. Sua entrada no mundo do futebol aconteceu em 1992, quando foi trabalhar na Umbro do Brasil. Passou pelos cargos de diretor de marketing e assessor da presidência até assumir o comando da marca no país. No topo, tornou-se um dos quatro nomes do marketing dos ingleses no mundo. Em 2000, a Umbro foi vendida para a empresa Clássico (que depois se transformaria em Dass), e Machado deixou o grupo. Voltaria a trabalhar no setor em 2006, quando acertou com o grupo Dass.

Número do dia

1 milhão

de euros pagará a Prefeitura de Málaga pelo patrocínio ao time de mesmo nome; ideia é promover o turismo na cidade espanhola.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Manchester City é novo pivô de duelo entre Amazon e Netflix
2Fox Sports perderá milhões de dólares com fiasco dos EUA nas Eliminatórias
3Após dois meses, CEO do Figueirense pede afastamento do cargo
4Análise: há um limite para o entretenimento no esporte
5Às vésperas da F1, Santander e Ferrari criam evento em shopping de SP
6Vôlei do Fluminense fecha patrocínio com marca de roupas Zinzane
7Com IMG, FIVB apresenta Liga das Nações
8 Messi vence processo contra Nike
9Corinthians fecha patrocínio para pré-jogo na Arena
10Liverpool assina com New Balance 2º melhor contrato de camisa de futebol mundial