“Mostrar a realidade dos nossos produtos é o nosso melhor cartão de visitas”

Fabio Takayanagi
Foto Fabio Takayanagi Fabio Takayanagi é presidente da Shimano na América Latina. A operação que ele coordena tem escritórios em São Paulo e Buenos Aires, com um total de 50 funcionários (35 no Brasil e 15 na Argentina). A América Latina representou US$ 60 milhões de faturamento para a Shimano em 2011. Globalmente, a companhia amealhou US$ 2,7 bilhões na temporada. No entanto, a despeito de ainda representar uma fatia pequena, o mercado da América Latina tem crescido para a marca. Entre 2010 e 2011, a Shimano aumentou 30% no Brasil. Takayanagi tem sido o artífice desse crescimento. O executivo brasileiro construiu grande parte de sua carreira no segmento automotivo, e chegou a presidir a Suzuki no país. Quando se apresentou à Shimano, Takayanagi postulava o comando da operação no Brasil. Foi contratado para ser presidente da marca na América Latina, passou um ano na Holanda e lançou o escritório de São Paulo em 2007.

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Por entrega a parceiros, Globo reforça Cartola
2Adidas perde para marca dinamarquesa a bola da Bundesliga
3Combate muda conteúdo para sair de nicho e crescer
4Peugeot apresenta carro com a marca de Roland Garros
5Adidas faz campanha online por uniforme do Flamengo
6Casa Palmeiras terá presença e ídolo e transmissão de jogo da Libertadores
7Análise: Marketing precisa coibir o marqueteiro
8Internacional põe sócios-torcedores para entregar camisa a reforço
9No meio do jogo, Neymar troca chuteira feita pela Nike exclusivamente para ele
10Com preços mais baixos, paulistas passam a dominar sócio-torcedor