“Não são poucas (as marcas) que querem se aproximar do futebol”

Eduardo Ruschel
Foto Eduardo Ruschel Eduardo Ruschel é formado em administração de empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Fez pós-graduação em comércio internacional pela Fundação Getúlio Vargas. Na década de 1990, trabalhou na Unilever e a Kodak. No início da década de 2000, trabalhou no marketing da Nike e depois passou pela Faber-Castell. Assumiu a diretoria de marketing da Penalty em 2007. Deixou a empresa para fundar a rede social Palpiteros.

Número do dia

330 milhões

de reais é o quanto a Globo deve distribuir em prêmios aos times com os quais ela tem contrato no Brasileirão a partir de 2019.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Grêmio sobe audiência da Globo com Mundial
2Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
3Corinthians fecha com Kalunga para Beach Soccer
4Análise: Grêmio mostra erros de gestão que precisam ser corrigidos
5Após fracasso da Itália, Puma sofre novo golpe na Liga dos Campeões
6Roger Federer renova com Lindt por mais de 20 milhões de dólares
7Insatisfeito com a Adidas, Betis rescindirá contrato e tem Kappa na mira
8Neymar fecha com marca de café Pilão para 2018
9Arena de Pernambuco será palco do primeiro jogo do Barcelona no Brasil
10Palmeiras e Flamengo se destacam em estudo sobre finanças de times