“Fundador da Gayotto Marketing Esportivo faz um balanço do mercado nos últimos 15 anos, critica confederações "nanicas" e exalta gestão do atletismo”

Eduardo Gayotto
Foto Eduardo Gayotto Nascido em São Paulo, Eduardo Gayotto iniciou sua trajetória no esporte aos sete anos, com a natação. Aos 14, chegou a sagrar-se campeão paulista de inverno nos 100 metros borboleta batendo Ricardo Prado que, anos mais tarde, conquistaria a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles. Além disso, Gayotto praticou pólo aquático, futebol de salão, basquete e triatlo. Depois de graduar-se em Administração de Empresas, ele foi para San Diego, na Califórnia, onde cursou marketing. Em 1987, de volta ao Brasil, tornou-se fundador e presidente da Federação Paulista de Triathlon, sua primeira experiência com gestão e marketing esportivo. Seis anos depois, o empresário criou a Gayotto Marketing Esportivo, que possui em seu portfólio mais de 200 eventos, como a Maratona de Revezamento Pão de Açúcar e a Corrida e Caminhada Um beijo Pela Vida, entre outros.

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
5Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Milan oficializa Puma como parceira e substituta da Adidas
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
10Rede de fast-food argentina fecha com AFA para Copa do Mundo