“Dentro do planejamento estratégico, a Sadia tem de estar associada a vida saudável, ao esporte”

Eduardo Bernstein
Foto Eduardo Bernstein Graduado em engenharia de produção pela Universidade de São Paulo (USP), Eduardo Bernstein possui especialização em administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Trabalhou em empresas como Maxion, Procter & Gamble e Telefonica, na qual esteve entre 2002 e 2008, quando assumiu a diretoria de marketing da Sadia. Depois que o frigorífico anunciou fusão com o principal concorrente, a Perdigão, Bernstein passou a ser diretor de marketing da Brasil Foods (BRF), com foco nas marcas Sadia, Perdigão, Qualy e Hot Pocket. Para lácteos, a BRF possui outro departamento de marketing, voltado para Batavo e Elegê. Ainda há equipes específicas para as áreas de food service e relações externas.

Número do dia

€ 1 bi

Por ano pede a Série A da Itália pelos direitos televisivos; próxima negociação abrangerá período entre 2018 e 2021.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Após venda para Heineken, Brasil Kirin deixa time de vôlei
2Jogo do Flamengo obtém melhor audiência do Brasileirão no Rio
3Palmeiras lança pacote para acompanhar jogo contra Inter pela Copa do Brasil
4Tottenham renova patrocínio máster por mais 5 anos
5Análise: Clubes precisam melhorar a entrega, se quiserem fidelizar patrocínio
6Asics apresenta no Rio novos uniformes da seleção de vôlei
7Robinho encerra imbróglio com Nike e fecha contrato com Adidas
8Com Crefisa, Palmeiras é top 10 entre camisas mais caras do mundo
9Análise: Estádio novo já é diferencial no mercado brasileiro
10Com Djokovic, Lacoste volta a ter presença no tênis