“Dentro do planejamento estratégico, a Sadia tem de estar associada a vida saudável, ao esporte”

Eduardo Bernstein
Foto Eduardo Bernstein Graduado em engenharia de produção pela Universidade de São Paulo (USP), Eduardo Bernstein possui especialização em administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Trabalhou em empresas como Maxion, Procter & Gamble e Telefonica, na qual esteve entre 2002 e 2008, quando assumiu a diretoria de marketing da Sadia. Depois que o frigorífico anunciou fusão com o principal concorrente, a Perdigão, Bernstein passou a ser diretor de marketing da Brasil Foods (BRF), com foco nas marcas Sadia, Perdigão, Qualy e Hot Pocket. Para lácteos, a BRF possui outro departamento de marketing, voltado para Batavo e Elegê. Ainda há equipes específicas para as áreas de food service e relações externas.

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Casa Palmeiras terá presença e ídolo e transmissão de jogo da Libertadores
2Por entrega a parceiros, Globo reforça Cartola
3Adidas perde para marca dinamarquesa a bola da Bundesliga
4Adidas faz campanha online por uniforme do Flamengo
5Combate muda conteúdo para sair de nicho e crescer
6Atlético-PR e Coritiba decidem Paranaense pelas redes sociais
7Internacional põe sócios-torcedores para entregar camisa a reforço
8Análise: Marketing precisa coibir o marqueteiro
9Globo obtém recorde de audiência com classificação do Corinthians no Paulistão
10Peugeot apresenta carro com a marca de Roland Garros