“Presidente da BM&FBovespa diz adeus ao amarelo ouro da marca e diz que vitória de Maurren é fruto do foco em uma modalidade da empresa”

Edemir Pinto
Foto Edemir Pinto Aos 55 anos, Edemir Pinto é diretor presidente da BM&FBovespa desde maio. Formado em economia em São José do Rio Preto, o executivo passou sete anos e meio na Editora Abril, em sua primeira experiência profissional na capital paulista. Em 1986, ele foi contratado pela Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), onde foi diretor de clearing e superintendente-geral, entre outros cargos. Na empresa, o economista viveu momentos difícieis, como a crise cambial de 1999, mas também foi indispensável nas fases de bonança, caso da desmutualização, da abertura do capital ? e, agora, da integração com a Bovespa.

Número do dia

18 milhões

de reais será a premiação ao campeão brasileiro deste ano; CBF divulgou os valores do torneio na última quinta-feira (19).

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Santos perderá R$ 1,5 mi por ano com troca de fornecedor
2Twitter e NBB anunciam primeiro Live Streaming de esportes no Brasil
3Fundo de investimento faz proposta de 335 milhões de euros pelo Newcastle
4Análise: Alô, Santos! Ganhar dinheiro dá trabalho!
5De olho em Kaká, New Balance e Adidas lutam para vestir o São Paulo
6Lakers fecha com Wish e é 16ª franquia com patrocínio na NBA
7Sky fecha com federação paulista e terá marca nos árbitros
8Estado Islâmico ameaça Copa do Mundo, e Fifa liga alerta
9Band se aproxima de acordo para ter Copa do Mundo
10Santos se aproxima da Umbro e deve deixar Kappa