Foto Bruno Lee Coreano de nascença, Bruno Lee já está radicado no Brasil há quase 30 anos, tendo construído toda sua carreira profissional no país. Pós-graduado em marketing na Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP), Lee tem uma experiência de cerca de dez anos na área de telecomunicações. O atual diretor e marketing e vendas da Pantech Brasil foi contratado pela multinacional coreana em novembro de 2005. Antes, Lee já havia trabalhado em grandes empresas como Kenwood, BCP e Samsung, sendo que nesta última ele atuou durante sete anos antes de se transferir para a Pantech. Na nova empresa, o executivo é responsável pelas áreas comercial e de marketing. Quando entrou na Pantech, sua meta passou a ser consolidar a marca no Brasil e posicionar a companhia entre as cinco maiores fabricantes de telefone celular do país. Em 2006, a previsão é de que cerca de 1,5 milhão de aparelhos sejam fabricados pela empresa, que investiu mais de US$ 50 milhões na criação do pólo industrial no Brasil.

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
5Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
10Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021