“O Inter tem ganhado títulos sistematicamente, mas ainda não capturamos todo o valor disso”

Aod Cunha
Foto Aod Cunha Nascido em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Aod Cunha é doutor em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-doutor em economia pela Universidade de Columbia, de Nova York. Desde 1991, é professor de economia da Pontíficia Universidade Católica (PUC-RS). Entre 1995 e 1998, atuou como assessor econômico especial do governo estadual de Antonio Britto, no Rio Grande do Sul. De 2003 a 2006, foi conselheiro titular do Conselho Regional de Economia e presidiu a Fundação de Economia e Estatística (FEE). Em 2007, assumiu o cargo de secretário estadual da Fazenda, no governo estadual de Yeda Crusius, também no Rio Grande do Sul. Com o posto, conseguiu implementar o projeto Déficit Zero. Posteriormente, presidiu o conselho de administração do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), no qual conseguiu as maiores ofertas primária e secundária de ações de um banco público ou privado na América Latina até aquele momento. Em 2009, partiu para os Estados Unidos, onde lecionou e estudou. Foi pesquisador da Universidade de Columbia e, em 2010, consultor do Banco Mundial. Desde janeiro de 2011, ocupa o cargo de executivo-chefe, ou CEO, do Internacional. Torcedor do clube, foi convidado pelo presidente eleito Giovanni Luigi já no fim de 2010 para ocupar o posto, criado na gestão do novo mandatário. Para ingressar no clube gaúcho, recusou convite do governo de Dilma Rousseff para fazer parte do núcleo de gestão a ser criado pela presidenta, ao lado de Jorge Gerdau. O economista acompanhou a delegação do Internacional na viagem a Abu Dhabi, no fim de 2010, para a disputa do Mundial de clubes.

Número do dia

330 milhões

de reais é o quanto a Globo deve distribuir em prêmios aos times com os quais ela tem contrato no Brasileirão a partir de 2019.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Grêmio sobe audiência da Globo com Mundial
2Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
3Corinthians fecha com Kalunga para Beach Soccer
4Análise: Grêmio mostra erros de gestão que precisam ser corrigidos
5Após fracasso da Itália, Puma sofre novo golpe na Liga dos Campeões
6Roger Federer renova com Lindt por mais de 20 milhões de dólares
7Insatisfeito com a Adidas, Betis rescindirá contrato e tem Kappa na mira
8Neymar fecha com marca de café Pilão para 2018
9Arena de Pernambuco será palco do primeiro jogo do Barcelona no Brasil
10Paysandu lança coleção de uniformes em homenagem a seleções campeãs