“Responsável pela BRP no Brasil, Alexandre Prado se mostra satisfeito com o crescimento da marca, e explica porque a análise estratégica do distanciamento da Bombardier”

Alexandre Prado
Foto Alexandre Prado Formado em engenharia mecânica, Alexandre Prado ostenta um currículo internacional respeitável, recheado com nada menos que oito anos de experiência como executivo nos Estados Unidos. Com um pós-graduação em marketing, Prado decidiu retornar ao Brasil por opção no começo de 2008. Em busca de novo horizontes, aceitou o desafio de trabalhar na BRP, subsidiária da Bombardier para o ramo de recreação de luxo. Hoje, é o country manager da companhia no Brasil, sendo o principal responsável pelas operações da empresa, que possui uma matriz em Manaus e um centro de operações em Campinas.

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Por entrega a parceiros, Globo reforça Cartola
2Adidas perde para marca dinamarquesa a bola da Bundesliga
3Combate muda conteúdo para sair de nicho e crescer
4Peugeot apresenta carro com a marca de Roland Garros
5Adidas faz campanha online por uniforme do Flamengo
6Casa Palmeiras terá presença e ídolo e transmissão de jogo da Libertadores
7Análise: Marketing precisa coibir o marqueteiro
8Internacional põe sócios-torcedores para entregar camisa a reforço
9No meio do jogo, Neymar troca chuteira feita pela Nike exclusivamente para ele
10Com preços mais baixos, paulistas passam a dominar sócio-torcedor