Em busca do resgate do basquete do clube, o Vasco da Gama lançou, na semana passada, um crowdfunding para arrecadar a verba necessária para reformar o ginásio de São Januário. Para angariar apoios, o clube lançou um vídeo promocional com a participação do armador Charles Byrd, destaque da equipe de basquete do Vasco nos anos 90.

“A ideia é resgatar a história, já que foram os vascaínos que contribuíram para erguer São Januário. Por isso, nossa campanha se chama herdeiros. Vamos lembrar o passado, para construir o presente e deixar um legado para as gerações futuras”, afirma Bernardo Pontes, gerente-geral de marketing do Vasco.

Em apenas sete dias de campanha, o clube conseguiu arrecadar o valor total pedido (pelo mecanismo de crowdfunding, o clube teria 60 dias para obter o total). Para estimular a participação dos vascaínos na iniciativa, o departamento de marketing do clube estipulou uma série de prêmios para quem colaborar, como ingresso para um jogo festivo com ex-astros das quadras ou café da manhã com jogadores. Quem quisesse colaborar, bastaria acessar o site: www.vasco.com.br/herdeiros.

Após a reforma, o clube planeja a montagem de elenco para voltar à elite do basquete nacional. Para isso, o Vasco terá que passar pela Supercopa Brasil, classificatória para a Liga Ouro, espécie de Série B do NBB (Novo Basquete Brasil). O clube carioca havia pedido uma vaga direta para a Liga Ouro deste ano, mas não teve o pedido atendido em votação entre dirigentes da liga.

“Não há problema. Adiaram em um ano o retorno do Vasco à elite. Mas voltaremos”, promete Fernando Lima, vice-presidente de esportes de quadra e salão do clube de São Januário. 


Notícia Vasco Vasco da Gama Basquete Crowdfunding Charles Byrd