Não é preciso ser nenhum gênio para saber que a grande preocupação da Uefa em Kiev é explorar a final da temporada 2017/2018 entre Real Madrid e Liverpool.

Mas, apesar disso, a entidade também não deixa de exaltar a história de seu torneio de clubes mais importante.

Dentro do Champions Festival, já detalhado pela Máquina do Esporte, a Uefa montou uma tenda com alguns dos grandes momentos da história da Liga dos Campeões.

Batizado de Champions Gallery, o espaço está repleto de fotos de craques e ex-craques que alcançaram a glória na competição. Entre eles estão alguns brasileiros como Ronaldinho e Kaká.

A edição 2017/2018 também é lembrada. As bolas que rolaram para cada um dos 32 times da fase de grupos estão expostas. E no centro o destaque fica por conta das camisas dos 32 clubes. Cada equipe teve um jogador escolhido e cuja assinatura foi colocada na camisa.

Entre os brasileiros, aparecem a camisa de Neymar (PSG), Jonas (Benfica) e Marlos (Shakhtar Donetsk).

Nas camisas escolhidas para os dois finalistas, nada de Salah ou Cristiano Ronaldo. A honra ficou para os dois capitães: Henderson pelo Liverpool e Sergio Ramos pelo Real Madrid.

*O reporter viajou a convite da Nissan


Notícia Liga dos Campeões Ativação