Nas últimas semanas, levantamos cases nacionais e internacionais de marcas e torneios. Agora, em mais uma lista em comemoração aos dez anos de Máquina do Esporte, selecionamos os clubes de futebol que tiveram o maior destaque nesse período.

1 – Barcelona

Nenhum clube ganhou mais títulos da Liga dos Campeões nos últimos dez anos. Equipe da Catalunha foi quem mais se internacionalizou no período. Em campo, time encantou com uma equipe formada com muitos jogadores de base. No patrocínio máster, abriu um processo lento para colocar uma marca na camisa e terminou com um dos maiores contratos do futebol.

2 – Real Madrid

Conquistou ‘La Décima’. Não bastasse isso acertou o mais rentável acordo de naming rights em seu estádio. É o time mais midiáticos do planeta, graças à volta dos galácticos. Depois da experiência com Ronaldo, Zidane e Cia., a equipe voltou a brilhar com diversos astros, dessa vez liderados por outro Ronaldo, o português.

3 – Bayern de Munique

Quitou seu estádio, o Allianz Arena, 16 anos antes do prazo. Na Alemanha, vende mais camisas do que os outros 17 times da Bundesliga somados. Voltou a ser campeão da Liga dos Campeões. E montou uma verdadeira seleção em campo.

4 – Manchester United

Uma máquina de ganhar dinheiro com patrocínios. Fechou acordos com Chevrolet e Adidas tornando sua camisa a mais lucrativa do futebol. É o clube que, com sobra, mais fatura com acordos locais. Foi apontado por consultoria como o time mais valioso. E ainda levantou a Liga dos Campeões em 2008.

5 – Internacional

Campeão mundial em 2006, batendo o badalado Barcelona, foi clube brasileiro pioneiro no lançamento de bem-sucedido programa sócio-torcedor. Conseguiu igualar as finanças com as equipes do eixo Rio – São Paulo e é o único time a vencer duas Libertadores nos últimos dez anos. Com a Copa do Mundo, reformou o Beira-Rio e ficou com um dos mais modernos estádios do futebol brasileiro.

6 – Manchester City

Com a chegada de investidores estrangeiros, tornou-se um dos grandes da Inglaterra. Possui um dos mais rentáveis acordos de naming rights do mundo. Venceu o Campeonato Inglês após um jejum de quatro décadas. E ainda construiu um dos maiores centros de treinamento do mundo.

7 – Corinthians

O clube saiu da Série B e terminou campeão do mundo. Acabou com as piadas sobre o time: construiu uma das arenas mais modernas do país, sede da abertura da Copa, e ganhou a inédita Libertadores. Virou vanguarda no marketing e multiplicou o faturamento.

8 – Juventus

Saiu de um rebaixamento, recuperou hegemonia no Campeonato Italiano, construiu nova arena e é exemplo de gestão no país. Mesmo no mau momento do futebol italiano, chegou à final da Liga dos Campões deste ano.

9 – São Paulo

Exemplo de gestão no Brasil, foi campeão Mundial em 2005 e tricampeão brasileiro (2007/08/09). Investiu em lojas oficiais e em produtos licenciados. Fez diversas reformas no Morumbi e passou a ter significantes lucros com a arena. Durante a década de 2000, foi o exemplo a ser seguido no país.

10 – Los Angeles Galaxy

Colocou o futebol dos EUA no mapa investindo em nomes badalados como Beckham e Gerrard. Ganhou 4 vezes o título da MLS nos últimos dez anos. Simboliza o crescimento do futebol nos Estados Unidos na última década. 


Notícia