O São Paulo apresentou um novo patrocínio na terça-feira (03): o Banco Intermedium fechou com o clube por três anos. Na partida do time pela Copa São Paulo de Futebol Júnior, a marca já fez a estreia nas costas e nos ombros do uniforme. No time profissional, a espera será maior, e a companhia só será exibida a partir de março.

Há, no entanto, um problema: com a marca nas costas, o Banco Intermedium ficaria onde, na última temporada, a Prevent Senior mantinha a exposição na camisa são-paulina. O contrato com a seguradora de saúde iria até o fim de 2016, com renovação automática até dezembro de 2017.

O acordo com a Prevent Senior era para o patrocínio máster do São Paulo. Ou seja, abrangia, além das costas, a parte frontal e mais valorizada do uniforme.

Oficialmente, o clube paulista anunciou o novo parceiro, mas não quis comentar a situação contratual de seu aporte máster. Segundo a Máquina do Esporte apurou, existe a possibilidade de uma redução no valor acordado anteriormente.

Quando a Prevent Senior chegou ao clube, o acordo foi celebrado por quebrar o jejum de aporte máster ao clube. Foram quase dois anos sem um parceiro fixo no espaço mais nobre do uniforme do time. Pelo período de 19 meses, que iria da metade do ano passado até dezembro deste ano, o São Paulo embolsaria cerca de R$ 25 milhões. Ou seja, neste ano, o time deveria receber mais R$ 15 milhões pelo acordo.

A assessoria de imprensa da Prevent Senior foi procurada, mas não respondeu ao email enviado pela reportagem.

Com o Banco Intermedium, o São Paulo oferecerá o pacote de ativações que tem sido usado em outros patrocínios fechados recentemente: camarote no Morumbi, redes sociais e exposição em placas de Centro Treinamento.

A empresa tem apenas 22 anos de existência. Hoje, conta com uma carteira de crédito de R$ 2,2 bilhões e responde por um 1% do segmento de crédito imobiliário no Brasil. “O SPFC, apesar de muito tradicional, é um clube jovem assim como o Intermedium, um banco também jovem e inovador, que veio para mudar a forma como as pessoas se relacionam com os bancos”, comentou o presidente da companhia, João Vitor Menin, em nota.

Para 2017, o São Paulo já acertou com Joli, Poty e Urbano para ficar no uniforme ao lado de parceiros como TIM, Corr Plastik e, por enquanto, Prevent Senior.  


Notícia São Paulo Intermedium

Número do dia

206 milhões

De reais é a renda bruta de bilheteria da Arena Corinthians desde a sua inauguração, antes da Copa de 2014.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos
2Mesmo com estatuto, São Paulo tem novo escândalo
3Coritiba fecha patrocínio pontual com empresa de impressão
4Cambuci, dona da Penalty, tem prejuízo de R$ 5,9 milhões em três meses
5Com investidores, Michael Jordan e Derek Jeter compram Miami Marlins
6Clássico eleva audiência da Copa do Brasil no Rio
7Análise: Conhecer o cliente é a próxima tarefa dos clubes no Brasil
8Mayweather cobrará 25 milhões de dólares por uso de espaço em suas roupas
9Messi e Suárez são armas de Argentina e Uruguai para sediarem Mundial de 2030
10Estados Unidos apresenta lista de 49 estádios para sediar Copa 2026