Revista Máquina do Esporte - Edição 6

J. Hawilla figura na lista dos 100 homens mais influentes do futebol mundial. Agora ele surge como o "salvador da pátria" dos clubes brasileiros. Mas será que Hawilla é o futuro do esporte? Em entrevista exclusiva, o chefão da Traffic conta por que migrou para o polêmico mercado de transferência de atletas e diz que os clubes não conhecem o poder de suas marcas. Situação bem diferente da Inglaterra, em que o futebol virou sinônimo de estádios lotados, dinheiro e troféus para os britânicos. Veja ainda o que Guga provocou no mercado do tênis em dez anos de carreira. E muito mais na primeira revista sobre marketing esportivo do Brasil.


R$ 10.00


Loja

Número do dia

R$ 1,3 mi

Foi a renda do São Paulo na partida contra o Corinthians; com 51 mil pessoas no Morumbi, time teve seu melhor público no ano.

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Globo apresenta nova divisão de cotas a clubes
2Palmeiras e Botafogo lançam pacotes para acompanhar time na Libertadores
3CSM Brasil inaugura camarote de luxo no Allianz Parque
4São Paulo x Corinthians dá recorde de audiência à Globo no domingo
5Anta prepara R$ 1,5 bi para adquirir marcas esportivas
6Botafogo acerta patrocínio máster com Caixa Federal
7Com Crefisa, Palmeiras é top 10 entre camisas mais caras do mundo
8Arena Corinthians aproveita seleção para promover camarotes
9Tottenham irá jogar em Wembley na próxima temporada
10Uber ativa parceria com Manchester United