O mercado esportivo do Brasil vive em um pêndulo entre momentos de otimismo e pessimismo. Há uma explicação: se, por um lado, esse é um segmento que ainda deve aos principais mercados globais, por outro, ele demonstra claros sinais de evolução, especialmente na última década. 

Segundo Maurício Fragata, sócio-diretor da Fragata MKT e professor do MBA in Sports Management da Business School São Paulo, a situação representa uma vantagem aos profissionais que estão interessados em trabalhar no segmento esportivo.

“É uma área sempre em crescimento. Teve momentos com crescimentos mais ou menos acentuados, mas, no Brasil, o segmento esportivo não tem como se retrair”, explicou o executivo.

E, se houve ondas de crescimento, a média tem sido animadora. Na primeira década do século, o crescimento do setor esportivo no Brasil foi de 6,2%, contra 3,2% do PIB nacional. Em 2016, a expectativa é que o mercado esportivo tenha representado 1,9% do PIB, um recorde. Os Estados Unidos, um exemplo de economia aquecida nesse segmento, a porcentagem é de 2,1%.

Claro que a atual crise vivida pelo país atrapalha o mercado no momento; o Brasil passa pela pior recessão desde que a produção interna passou a ser medida pelo IBGE, em 1948. E isso é refletido esporte. O mercado de varejo esportivo, por exemplo, teve queda de 6,5% em 2016. Para este ano, a expectativa é de recuperação de apenas 1,4%.

O reaquecimento econômico do país, por sinal, passa pelo esporte. “Esse é um novo começo. Houve um boom há 15 anos e, mais recentemente, com a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. Após os megaeventos, começa um crescimento diferente agora”, afirmou Fragata.

 

BSP - Business School São Paulo

MBA in Sports Management

Valor da inscrição: gratuito

Mais informações: (11) 5095-5656 (São Paulo e demais localidades) ou pelo site www.bsp.edu.br


Notícia MBA São Paulo Business School

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Dono do Manchester City negocia compra time na Espanha
2Flamengo atinge metas e tenta rentabilizar redes
3Com naming right, G League tem aumento de 4 times na próxima temporada
4Globo tem melhor início de Brasileiro em mais de uma década
5Donos põem Fiorentina à venda
6Schalke 04 deixa Adidas e assina com Umbro
7Copa das Confederações perde audiência no fim de semana
8Allianz Parque terá descida de rapel da cobertura ao gramado
9Análise: Rede deve gerar mais entrega do que receita aos clubes
10Coritiba veta estádio, e Atlético sofre com evento