O tenista suíço Roger Federer pode mudar de fornecedor de roupas após 20 anos de contrato com a Nike. A japonesa Uniqlo teria feito uma proposta de dez anos de contrato pelo valor de US$ 30 milhões/ano, o triplo do que a Nike paga hoje.

Foto: Reprodução

Segundo o jornalista italiano especializado em tênis Vincenzo Martucci, a proposta balançou o suíço, que deve nos próximos dias tomar uma decisão sobre o patrocinador.

A mudança, porém, não será completa. A Uniqlo, que é forte no mundo da moda, forneceria apenas o vestuário a Federer, que negociaria então um acordo para o calçado. O modelo é similar ao que Novak Djokovic já teve com a Uniqlo.

Se o negócio se concretizar, Federer ficaria ainda mais isolado na liderança do ranking dos atletas mais bem pagos do mundo em patrocínios. Segundo levantamento da revista Forbes, o suíço de 36 anos já é hoje o atleta que mais ganha em publicidade, com US$ 65 milhões por ano. O valor subiria para US$ 85 milhões, isso se ele não faturar mais com um negócio para o calçado.


Notícia Federer Nike Uniqlo patrocínio marketing tênis