Alibaba quer duplicar número de esquiadores na China

O Alibaba, gigante de comércio eletrônico, assinou contrato com a FIS (Federação Internacional de Esqui) para que 30 milhões de chineses pratiquem esportes na neve. Por trás do investimento está a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de Pequim 2022.

Com o aumento do número de praticantes, o Alibaba também quer criar um crescimento de audiência das modalidades na neve. Atualmente, a China conta com 15 milhões de esquiadores. A longo prazo, o país quer chegar a 300 milhões de praticantes de esqui e snowboard.

Pelo acordo, o Alisports irá se encarregar da comercialização, promoção, venda e organização de campanhas para fomentar o esporte através de vários canais. Já a federação irá implementar a FIS World Academy, que trabalhará em parceria com a Universidade de Esportes de Pequim.

“O esqui chinês experimentou um grande crescimento, mas queremos alcançar os 300 milhões de amantes dos esportes na neve”, afirmou Zhang Dazhong, CEO do Alibaba.

Segundo o executivo, o objetivo da parceria será incentivar a cidadania e fazer o público sentir o espírito dos Jogos de Inverno e a paixão pelos esportes de neve.

“Nos últimos 15 anos notamos um crescimento orgânico e em popularidade deste tipo de esporte, e o país organizou eventos muito inovadores, como o FIS Big Air e a Copa do Mundo de aerials. Agora, com esse programa, também queremos nos aproximar das crianças”, afirmou Sarah Lewis, secretária geral da FIS.

Segundo estudo da revista The Economist, desde 2000 a China multiplicou por dez o número de estações de esqui, alcançando 600 atualmente. Apesar disso, em um país com 1,4 bilhão de habitantes, esse crescimento ainda atinge uma parcela pequena da população. Esses locais recebem menos de 13 milhões de visitantes por ano. 


Notícia Alibaba Federação Internacional de Esqui FIS Parceria

Número do dia

20 milhões

de dólares custou o novo estádio para 45 mil pessoas do Cerro Porteño, do Paraguai, que foi inaugurado no último fim de semana.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Esporte se levanta contra repercussão de Sportflix
2 Análise: Copa é maior desafio das TVs após bolha
3Grêmio fecha patrocínio com rede hoteleira
4Análise: Esporte deveria se manter longe do jogo político
5Fox Sports oficializa transmissão da Copa do Mundo da Rússia
6Fórmula 1 cria campeonato e entra no mundo dos e-Sports
7Oakley patrocina principal prova de ciclismo da América Latina em SP
8Esporte Interativo transmitirá Copa do Mundo de Ginástica até 2020
9Nike ativa atletas com lançamento de quadra em São Paulo
10NFL fecha parceria para transmissão via plataformas digitais na China