O Palmeiras, aos poucos, começa a colocar em prática seu novo projeto de comunicação. O novo plano tem como objetivo dar mais dinamismo à essa área do clube e estreitar o relacionamento com a imprensa, principalmente em momentos de crise. "Estamos montando um projeto de comunicação, que vai desde uma assessoria de imprensa pró-ativa, com a criação de press-kits, até a criação de um bom relacionamento com a imprensa em geral", afirma Carlos Mira, diretor de marketing do Palmeiras. O primeiro passo para essa mudança foi a saída do assessor de imprensa José Isaias. O profissional foi substituído não simplesmente por outro, mas sim por uma agência chamada Líbero Comunicação. Dessa forma, o assessor de imprensa que acompanhará o dia-a-dia do clube será Fábio Finelli, de 25 anos, com passagem pelo site ?Arena FC?. Além dele, comandam o projeto o proprietário da Líbero Comunicação, Marcelo Tadeu Lia, e o jornalista Helder Bertazzi, responsável pela elaboração do plano. "É uma nova maneira de se fazer comunicação. Eu imagino que o Palmeiras foi o primeiro a contratar uma agência para cuidar do clube. O assessor de imprensa não é do Palmeiras, é nosso e nós realizaremos todo o trabalho de comunicação. O Palmeiras abraçou esse projeto diferenciado", diz Bertazzi, que será o novo consultor de comunicação do clube paulista. O jornalista, com passagens pela Folha Online, Revista Veja, entre outros, não divulga exatamente quais são os planos no projeto elaborado por ele para "revolucionar" a área de comunicação do clube, mas diz que o assunto será tratado de uma forma totalmente diferente do que era feita no passado. "O Palmeiras sofre com o problema de imprensa há muitos anos, chegando inclusive a ficar sem assessor de imprensa por um bom tempo. Isso acabou afetando demais o clube. Então chegamos para colocar a área de comunicação nos trilhos. O trabalho vai ser por muitos anos e, mesmo que a gente deixe o clube por qualquer motivo, qualquer um que chegar vai assumir, sem exagero, com 90% do trabalho feito", explica Bertazzi. Um dos novos conceitos é a realização de pautas semanais sobre os assuntos do clube. Durante essas reuniões, os responsáveis pela área de comunicação irão traçar estratégias para o relacionamento com os jornalistas, além de minimizar os impactos de possíveis crises. Além disso, o clube também ganhará novos equipamentos para a assessoria de imprensa, como televisores, aparelhos de som, DVDs, telefone com ramal próprio, assinaturas de jornais, entre outros. "Nós estamos realizando estratégias típicas para o Palmeiras. Os jornalistas que forem trabalhar no CT, por exemplo, já vão perceber essas mudanças em muito pouco tempo", completa o novo consultor de comunicação do Palmeiras.


Notícia Palmeiras Mídia

Número do dia

206 milhões

De reais é a renda bruta de bilheteria da Arena Corinthians desde a sua inauguração, antes da Copa de 2014.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos
2Dez empresas disputarão licitação para gerir comercializações da Conmebol
3Patrocinadora, Evonik compra parte de Borussia Dortmund por R$ 80 milhões
4 CBF confirma criação da Série D
5Vereador apresenta projeto de lei para São Paulo não perder CT em 2022
6Unicred faz 1ª campanha publicitária com Cesar Cielo
7Mayweather cobrará 25 milhões de dólares por uso de espaço em suas roupas
8Tom Brady esconde logotipo da Nike e reativa batalha de marcas na NFL
9Com investidores, Michael Jordan e Derek Jeter compram Miami Marlins
10Análise: Conhecer o cliente é a próxima tarefa dos clubes no Brasil