Mensagem da Samsung foi a campeã de interações (Foto: Reprodução Facebook)

Saber como engajar os consumidores é o grande desafio das marcas no meio digital. Em um evento esportivo, quando o uso das redes se multiplica, o trabalho se torna ainda mais árduo. Terminado o Rio 2016, os primeiros relatórios de redes sociais indicam o sucesso de um tipo de mensagem e até os conceitos de patrocinadores que foram mais bem aceitos pelas pessoas.

O destaque ficou para duas mensagens de congratulações, segundo levantamento da Socialbakers. A conta internacional da Samsung, por exemplo, conseguiu o conteúdo com mais interação no Facebook e no Twitter com os ‘parabéns’ dado aos países que conseguiram a primeira medalha de ouro. No Instagram, o recorde ficou com uma empresa brasileira: o jornal “O Globo”. O conteúdo também exaltava um ouro, mas especificamente a da seleção brasileira de futebol.

Não foi só o Globo que teve sucesso com a seleção. O atleta com o post com mais interação nas redes foi Usain Bolt, no Facebook, no Instagram e no Twitter. Nos três casos, o destaque foi o mesmo: parabéns à seleção brasileira de futebol pela conquista do ouro.

O feito da seleção é ainda mais notável caso seja considerada a presença do Brasil nas redes sociais. Segundo o levantamento, o país é apenas o terceiro em interações, com 4,6 milhões. Estados Unidos, com 20,8 milhões, e Grã-Bretanha, com 13,9 milhões, apresentaram larga vantagem durante os Jogos Olímpicos.

Outro estudo lançado, dessa vez pela Torabit, considera apenas as mensagens de brasileiros relacionadas aos Jogos entre os dias 3 e 21 de agosto. Foram 4,9 milhões de mensagens avaliadas, divulgadas por 1,3 milhão de usuários. E um dos destaques do levantamento está no engajamento de hashtags criadas pelos patrocinadores do Rio 2016.

O estudo não revelou a quantidade exata de menções às hashtags, mas colocou a proporção de cada uma entre as citações de conceito de 17 marcas envolvidas oficialmente com o Rio 2016. E, nesse cenário, cinco empresas tiveram destaque. Novamente, o primeiro remete à conquista da medalha de ouro.

No pico delas, com 24,1% do total de hashtags, ficou a Coca-Cola, com #IssoÉOuro. Visa, com #PossoMais, e Nissan, com #QuemSeAtreve, vieram em seguida. No segundo bloco, com 13% e 10%, apareceram o Bradesco, com #AgoraÉBRA, e McDonald’s, com #SaborDaVitória.   

Quanto ao pico de citações no Brasil, uma curiosidade: o encerramento conseguiu bater a abertura, e ficou com o momento de maior interação nas redes sociais. No fim de semana em questão, o Brasil havia conseguido a medalha de ouro no vôlei e no futebol. 


Notícia Rio 2016 Social Media Marketing Digital