Breaking2, projeto voltado ao  mercado running

A Nike anunciou um plano de reestruturação que implica a demissão de 2% de seu plantel global de cerca de 70.700 empregados. Com o ajuste, a empresa deve dispensar cerca de 1.400 funcionários em todo o mundo.

O anúncio do corte de pessoal provocou uma queda de 2,6% no valor das ações da Nike na bolsa de Nova York na última quinta-feira (dia 15). No ano, as ações da Nike experimentaram crescimento de 4,7%.

Com as mudanças, a empresa de material esportivo pretende criar uma estrutura corporativa que irá agir em torno de 12 cidades no mundo, entre elas Nova York, Londres e Tóquio. A ideia é que os grandes centros urbanos representem 80% do crescimento da companhia até 2020.

De agora em diante, a Nike irá dividir suas operações em quatro territórios: América do Norte; Europa, Oriente Médio e África; China e Ásia; e América Latina. Cada região terá um vice-presidente.

As mudanças também farão a Nike acabar com 25% da variedade de produtos, reduzindo seu ciclo de produção pela metade, segundo o site norte-americano Marketwatch, especializado em negócios.

A empresa também criou a divisão Nike Direct na tentativa de aumentar as vendas diretas com o consumidor. Heid O’Neill, presidente da Nike, e Adam Sussman, diretor geral da área digital, estarão à frente dessa nova frente interna. Já Michael Spillane será o responsável pela divisão de categorias e produtos. 


Notícia Nike Negócios Demissão Reestruturação

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Flamengo atinge metas e tenta rentabilizar redes
2Dono do Manchester City negocia compra time na Espanha
3Schalke 04 deixa Adidas e assina com Umbro
4Com naming right, G League tem aumento de 4 times na próxima temporada
5Donos põem Fiorentina à venda
6Globo tem melhor início de Brasileiro em mais de uma década
7Por governança, entidades formalizam rating do esporte
8Copa das Confederações perde audiência no fim de semana
9Fox Sports deixa grade de canais oferecidos por Sky
10CBV detalha projeto de adaptação de Arena da Baixada para Liga Mundial