Foto: Divulgação / Netflix

16 de fevereiro. Essa é a data escolhida pela Netflix para lançar mundialmente os três primeiros episódios de Prima Squadra: Juventus FC. O documentário/série mostrará o dia a dia da Vecchia Signora, com histórias e entrevistas com os principais nomes do clube italiano na atual temporada.

Segundo o serviço de streaming, o objetivo é que os fãs da Juventus e também do futebol como um todo possam acompanhar os bastidores de um dos clubes mais tradicionais e vitoriosos do mundo. Entre os jogadores que surgem como protagonistas do documentário estão o goleiro e capitão Buffon e jogadores de linha como Chiellini, Marchisio, Higuaín, Pjanic, Rugani, Bernardeschi e o brasileiro Douglas Costa.

Além dos atletas, gestores e dirigentes, o treinador Massimiliano Allegri e o ex-atacante e ídolo do clube, Alessandro Del Piero, também fazem parte do documentário.

Muito esperado pelos torcedores, Prima Squadra: Juventus FC promete mostrar os jogadores dentro e fora de campo, na intimidade de suas próprias casas, nas longas viagens para jogos fora de casa e diversas outras situações reais.

O documentário/série terá seis capítulos. Após o lançamento dos três primeiros em 16 de fevereiro, a Netflix já revelou que vai esperar até junho, pouco após o final da temporada, para divulgar os outros três.

Produções como essa parecem começar a ganhar mercado no meio do streaming. A Amazon, por meio de sua plataforma Amazon Prime Video, já anunciou que, ainda neste início de ano, lançará um documentário parecido sobre o dia a dia do Manchester City, pelo qual desembolsou cerca de 8,5 milhões de euros.

A própria Amazon já possui títulos no mesmo esquema, como o “The Grand Tour” (programa de automóveis), a série “All or Nothing” (documentário que segue a rotina de duas franquias da NFL, Arizona Cardinals e Los Angeles Rams), além de uma série com os All Blacks, time de rúgbi da Nova Zelândia.


Notícia Juventus série documentário Netflix streaming

Número do dia

900 milhões

de euros deve faturar o Barcelona neste ano, um incremento de 40% em relação à temporada passada; meta é de chegar a 1 bilhão em 2021.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Patrocínio da Petrobras é destaque em lançamento de novo carro da McLaren
2Centauro patrocina amistoso do Barcelona em Pernambuco
3Band abre mão de Copa, que só terá Globo na TV aberta
4Osasuna fecha com Hummel e é mais um a substituir Adidas
5Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
6Santos faz ação inteligente e usa Dodô errado para anunciar Dodô certo
7Copa do Nordeste é primeiro torneio do continente a ter produtos licenciados
8Alfa Romeo Sauber acerta patrocínio da Claro na F1
9Empresa de bebidas energéticas pode comprar Force India, da F1
10LaLiga inova e anuncia patrocínio à equipe Renault na F1