Na sexta-feira (10) à noite, o Novo Basquete Brasil (NBB) fez a estreia com seu novo parceiro de transmissão, o Twitter. E, na primeira experiência de uma entidade esportiva com a rede social, a Liga Nacional da modalidade (LNB) celebrou os resultados.

Em comunicado, a entidade que administra o NBB divulgou os números da primeira partida exibida ao vivo no Twitter. Foram 116 mil usuários únicos que passaram pelo jogo. O pico foi de mais de 5 mil internautas ao mesmo tempo durante o evento.

A LNB exaltou a estreia do NBB no Twitter e o pioneirismo na transmissão. Segundo a organização do torneio, os números apresentados pela primeira partida ao vivo na rede social foram um “sucesso absoluto”.

A escolha pela primeira partida foi entre o Sesi Franca Basquete, uma das equipes mais populares do NBB, e o Paulistano/Corpore, atual vice-campeão do torneio nacional. O time do interior conseguiu a vitória sobre o time paulistano.

A parceria entre NBB e Twitter foi anunciada em outubro. A rede social transmitirá ao longo da temporada 17 partidas, sempre na noite de sexta-feira. A transmissão dos jogos é feita de maneira gratuita, e os eventos ficam disponíveis globalmente.

A inclusão do NBB pelo Twitter faz parte do plano da rede social em ampliar as parcerias no esporte para ter transmissões ao vivo. Em 2016, a empresa mudou até a presidência para conseguir novas ferramentas que pudessem atrair novos consumidores. Streaming entrou como uma dessas plataformas, com parcerias com PGA Tour e até a NFL na última temporada.

No primeiro quarto deste ano, a rede social chegou a 800 horas de conteúdo ao vivo, e mais da metade foi de esporte. No total, foram 45 milhões de visualizações de streaming via Twitter.

O Brasil, por outro lado, se mantinha afastado desse meio. O país foi o terceiro maior em crescimento em número de usuários da rede social em 2016, mas os Estados Unidos ainda representam mais de 60% das visualizações de streaming.

A maior experiência do Twitter até o momento foi com o jogo de quinta-feira da NFL, que nesta temporada é exibido pela Amazon. Na estreia do futebol americano, a rede teve uma audiência média de 243 mil pessoas, globalmente. 


Notícia NBB Twitter Transmissão

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
5Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
10Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021