A NBA House, casa de relacionamento da liga americana de basquete no Rio, conseguiu reunir 80 mil pessoas durante dez dias no Rio e vender cerca de 10 mil itens aos torcedores.

Os números foram divulgados pela NBA dois dias depois de a operação da casa ser fechada, na região do Porto Maravilha, onde funcionou o Boulevard Olímpico durante os Jogos do Rio.

Casa da NBA teve diversas ações de entretenimento

O resultado da operação já mostra que a liga tem um potencial bom de vendas no Brasil, já que no próximo mês a primeira loja física da marca da NBA será lançada no Barra Shopping.

“Alcançamos todos os nossos objetivos, superamos todas as expectativas e ficamos felizes em ver mais de 80 mil pessoas passeando pela NBA House Rio sorrindo, brincando, interagindo e tendo uma experiência única. Todo esse sucesso deve ser dividido com parceiros e fãs, por todos que acreditaram e fizeram da casa um dos pontos mais divertidos e badalados da cidade”, afirmou Arnon de Mello Neto, vice-presidente da NBA para a América Latina.

A casa da liga americana chegou a receber 11 mil pessoas num único dia. A expectativa inicial era de que 50 mil fãs fossem ao espaço, mas a operação acabou sendo maior. Além de vender produtos, a NBA usou a casa para conhecer melhor os hábitos dos torcedores.

Para participar de algumas ativações, as pessoas tinham de responder a um pequeno formulário e, também, enviar dados de contato. A ideia é mapear ainda mais o torcedor da liga.


Notícia NBA Marketing Gestão Rio 2016

Número do dia

9 milhões

de reais é o valor estimado dos aparelhos de ginástica que foram instalados no Parque Olímpico e serão usados por atletas profissionais.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
2Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
3Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
4Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
5Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Rede de fast-food argentina fecha com AFA para Copa do Mundo
8Análise: Neymar não precisava de acordo com a Globo
9Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
10Cruzeiro resgata apelido e faz campanha por Libertadores