Espaço contou com pista de dança e DJ

A NBA Finals, casa criada pela liga de basquete especialmente para o paulistano acompanhar a final entre Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers, teve mais de 17 mil visitantes durante o período de funcionamento.

O espaço temático, que funcionou de 1º a 12 de junho, foi projetado na Avenida Paulista, centro nervoso de São Paulo.

“Todos estamos muito felizes com o sucesso da NBA Finals. Trouxemos o evento ao Brasil pela primeira vez e os fãs paulistas abraçaram a casa de maneira intensa, mostrando a paixão que têm pelo basquete, com lotação máxima todos os dias”, afirmou Arnon de Mello, vice-presidente da NBA para a América Latina.

“Foi muito bom ver famílias inteiras, muitas crianças visitando o espaço, a alegria de todos que estiveram conosco nos eventos durante o dia e à noite, uma demonstração de que o esporte está cada vez mais forte e consolidado no país. Tivemos as finais, o momento mais nobre da temporada, e superamos todas as expectativas”, acrescentou o executivo.

Entre as personalidades que visitaram a casa estiveram Raulzinho Neto, Marcelinho Huertas, Leandrinho, Oscar Schmidt, Paula e Janeth (basquete); Serginho e Fofão (vôlei); Arthur Nory (ginástica artística), Thiago Pereira e Etiene Medeiros (natação); Gabigol, Marcos Assunção e Fábio Luciano (futebol); Caio Castro (ator) e Raíssa Santana (miss Brasil 2017).

No local, além de telão para acompanhar jogos, funcionou uma pista de dança com DJ, exposição de memorabilia, ativações de patrocinadores (Budweiser, Vivo e New Era) e uma loja oficial, além de food trucks. 


Notícia NBA Finals Patrocínio Ativação Vivo New Era Budweiser

Número do dia

9 milhões

de reais é o valor estimado dos aparelhos de ginástica que foram instalados no Parque Olímpico e serão usados por atletas profissionais.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
2Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
3Brasil Open fecha com quatro emissoras
4Análise: Neymar não precisava de acordo com a Globo
5Cruzeiro resgata apelido e faz campanha por Libertadores
6Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
7Fundo chinês assume controle do grupo multimídia Mediapro
8Santos refaz acordo com Umbro, que vestirá clube até 2020
9Rede de fast-food argentina fecha com AFA para Copa do Mundo
10SporTV e Samsung fazem parceria e terão aplicativo em 4K para Copa 2018