Foto: Stéphane Senaux / AS Monaco

De olho em internacionalizar sua imagem e aumentar suas receitas comerciais, o Monaco foi ao mercado e acertou com Juli Ferré Nadal, agora ex-diretor de patrocínios globais do Barcelona. Ferré Nadal foi um dos homens fortes da área comercial do clube espanhol nos últimos cinco anos e tem vasta experiência no setor.

A saída do executivo se dá em meio a um descontentamento com os mandatários do Barcelona. Há alguns meses, a nomeação de Xavier Asensi como novo diretor comercial foi um balde de água fria em Ferré Nadal. Asensi era responsável pelo escritório do Barça em Hong Kong e sua promoção tirou completamente a chance de Ferré Nadal de chegar ao cargo.

Segundo a imprensa espanhola, a chegada da empresa de e-commerce japonesa Rakuten em julho para se tornar patrocinadora máster do Barça deu mais peso ao escritório do clube em Hong Kong. Dessa forma, Asensi ganhou status e acabou ficando com a função desejada por Ferré Nadal.

Aos 40 anos, o executivo decidiu mudar e aceitou a proposta do Monaco. Formado em administração, Ferré Nadal começou sua carreira no Cirque Du Soleil, onde ficou dois anos como gerente de entretenimento. Depois, trabalhou na área comercial de campeonatos mundiais de futebol de areia e também no setor de vendas da Federação Internacional de Basquete (Fiba). No início de 2013, foi contratado pelo Barcelona.

No clube espanhol, Ferré Nadal passou pelo melhor momento da carreira. Nos cinco anos em que esteve à frente dos patrocínios globais, o volume de negócios da área praticamente duplicou dentro do clube, chegando a 300 milhões de euros como objetivo para esta temporada. Nos últimos meses, o trabalho de Ferré Nadal estava focado em fechar um patrocinador que adquirisse os naming rights do Camp Nou.

Com a saída de Juli Ferré Nadal para o Monaco, o Barcelona deixar de contar com mais um nome importante nos bastidores. Há cerca de um mês, o clube catalão já havia perdido seu diretor da área digital, Russell Stopford, para o Paris Saint-Germain. No entanto, vale lembrar que o próprio Barça passa por uma reestruturação de sua área comercial nos últimos meses.

De acordo com o site espanhol Palco 23, os dirigentes do Monaco enxergam a vizinha Bélgica e a América Latina como alvos certeiros para a expansão da imagem do clube francês. Eis a nova missão de Juli Ferré Nadal.


Notícia Monaco Barcelona Juli Ferré diretor comercial patrocínio global contratação

Número do dia

350 mil

euros deve receber cada jogador da Alemanha por uma eventual conquista da Copa do Mundo de 2018, disse a federação alemã.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Fifa ameaça tirar a Espanha da Copa do Mundo de 2018
2Bundesliga cria regra, e clubes terão funcionários dedicados aos torcedores
3Disney compra parte da Fox em transação bilionária e cresce no esporte
4Globo bate recorde de audiência no RJ com o Flamengo
5Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
6Análise: Fox decide abrir mão de briga do streaming
7TOP 10 – Os dez clubes de maior destaque na última década
8Arena de Pernambuco será palco do primeiro jogo do Barcelona no Brasil
9Puma vibra com conquista do Independiente na Sul-Americana
10Estados Unidos querem ser sede permanente de Copa América