Ministro do Esporte,  Leonardo Picciani (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O Ministério do Esporte terá um profundo corte em seu orçamento. Segundo informações divulgadas pelo blog “Olhar Olímpico”, do Uol, a proposta do Governo Federal de Lei Orçamentária, enviada ao Câmara dos Deputados, prevê uma redução de 87% nas finanças do órgão em 2018.

No papel, o orçamento do Ministério do Esporte será de R$ 220 milhões em 2018, uma forte queda em relação aos valores dedicados em 2017. Neste ano, já com queda em relação a 2016, ano dos Jogos do Rio, os investimentos federais foram de R$ 1,2 bilhão.

Em resposta ao jornal, o Ministério do Esporte amenizou a redução. Segundo a entidade, o valor é apenas a previsão inicial. Nas próximas semanas, serão discutidos ajustes na câmara, o que deve envolver um aumentou significativo no orçamento da entidade.

Ainda assim, dificilmente o Ministério do Esporte deverá se salvar de uma queda acentuada no orçamento. Uma das principais vítimas desse processo deverá ser o programa “Bolsa Atleta”, que tem orçamento de R$ 130 milhões, atualmente. Pelo plano apresentado pelo Governo Federal, o valor ficará em R$ 70 milhões.

A maior redução do plano foi o item “preparação de atletas e capacitação de recursos humanos para o esporte de alto rendimento”. Nesse caso, a queda foi de R$ 56,6 milhões, neste ano, para R$ 7,2 milhões. Em 2016, foram liberados R$ 134 milhões para a área.  


Notícia Ministério do Esporte Gestão

Número do dia

25 milhões

de reais é o preço do terreno que o Botafogo irá comprar, na zona oeste do Rio de Janeiro, para construir seu Centro de Treinamento.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Estado Islâmico ameaça Copa do Mundo, e Fifa liga alerta
2Santos se aproxima da Umbro e deve deixar Kappa
3De olho em Kaká, New Balance e Adidas lutam para vestir o São Paulo
4Band se aproxima de acordo para ter Copa do Mundo
5Com menos brasileiros, NBA tenta pico no país
6NBA fecha com Sportv, e terá 4 canais fechados no Brasil
7Parceira de Galvão Bueno, Embrase fatura R$ 350 mi com golfe
8Record faz oferta de R$ 100 mi a Corinthians e Fla
9Em baixa, São Paulo sobe audiência da quarta-feira
10Vitória reitera aposta em nova mascote