O argentino Lionel Messi, do Barcelona, venceu a Nike na Justiça. A empresa norte-americana movia um processo contra o atleta pedindo uma indenização de 5,5 milhões de euros (R$ 14,8 milhões) por conta do contrato assinado pelo jogador com a Adidas. A Nike protestava que o acordo firmado entre Messi e a empresa alemã foi firmado enquanto o atleta ainda negociava com ela. Apesar disso, o juiz do caso entendeu que o contrato com a companhia norte-americana, de 23 de maio de 2005, não caracterizava nenhum tipo de vínculo. Ainda segundo a sentença, o acordo entre Messi e Nike na verdade era apenas uma proposta de contrato, o que permitiu que o atleta fechasse, em janeiro do ano passado, um acordo com a Adidas pelo triplo do valor oferecido pela concorrente.


Notícia Atletas

Número do dia

120 mi

De libras receberá Lewis Hamilton pela renovação com a Mercedes por mais três anos

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1'Limpo', Tite fecha contrato com Cimed
2Nike dá tênis comemorativo a jogadores do Corinthians
3Grêmio repete audiência da final da Copa do Brasil
4Análise: Esporte não pode ter medo de ganhar dinheiro
5Esporte lucra em feriado nos Estados Unidos
6LBF acerta com fornecedor de material AND1
7Meltex leva exposição do Palmeiras ao interior
8Em festa, Paraná deixa torcedor escolher preço de ingresso
9Atlético Mineiro e Topper celebram marca de sócios
10 Globo fecha com Banco Real para F-1