O argentino Lionel Messi, do Barcelona, venceu a Nike na Justiça. A empresa norte-americana movia um processo contra o atleta pedindo uma indenização de 5,5 milhões de euros (R$ 14,8 milhões) por conta do contrato assinado pelo jogador com a Adidas. A Nike protestava que o acordo firmado entre Messi e a empresa alemã foi firmado enquanto o atleta ainda negociava com ela. Apesar disso, o juiz do caso entendeu que o contrato com a companhia norte-americana, de 23 de maio de 2005, não caracterizava nenhum tipo de vínculo. Ainda segundo a sentença, o acordo entre Messi e Nike na verdade era apenas uma proposta de contrato, o que permitiu que o atleta fechasse, em janeiro do ano passado, um acordo com a Adidas pelo triplo do valor oferecido pela concorrente.


Notícia Atletas