Foto: Divulgação

Quem quiser estampar sua marca nas luvas, no roupão ou no calção de Floyd Mayweather na tão esperada luta contra Conor McGregor, vai ter que desembolsar uma verdadeira fortuna: 25 milhões de dólares. A informação é do jornal britânico Daily Telegraph.

Com mais estes números astronômicos divulgados, fica fácil de entender por que a luta já ficou conhecida como a “batalha de milhões de dólares”. No entanto, a organização do confronto não confirmou quanto cada um dos lutadores vai receber apenas para entrar no ringue.

No início da semana, o irlandês Conor McGregor revelou que deve ganhar mais de 100 milhões de dólares em merchandising e também com a venda de ingressos. Já o boxeador norte-americano, apelidado de “Money” por ser o atleta mais bem pago do mundo entre todos os esportes, acredita que pode conseguir 300 milhões de dólares com tudo que gira em torno do duelo.

Floyd Mayweather e Conor McGregor vão se enfrentar em 26 de agosto, na T-Mobile Arena, em Las Vegas. O embate é o mais esperado dos últimos tempos, superando, para muitos, o confronto entre o próprio Floyd Mayweather e o filipino Manny Pacquiao, vencido pelo norte-americano em maio de 2015.

Na ocasião, houve recorde de público pagando para assistir à luta no pay-per-view, e a receita de televisão ultrapassou os 400 milhões de dólares. Estima-se que Mayweather embolsou, sozinho, 180 milhões de dólares com a luta.


Notícia mayweather mcgregor luta batalha dólares milhões

Número do dia

9 milhões

de reais é o valor estimado dos aparelhos de ginástica que foram instalados no Parque Olímpico e serão usados por atletas profissionais.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
2Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
3Brasil Open fecha com quatro emissoras
4Análise: Neymar não precisava de acordo com a Globo
5Cruzeiro resgata apelido e faz campanha por Libertadores
6Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
7Fundo chinês assume controle do grupo multimídia Mediapro
8Santos refaz acordo com Umbro, que vestirá clube até 2020
9Rede de fast-food argentina fecha com AFA para Copa do Mundo
10SporTV e Samsung fazem parceria e terão aplicativo em 4K para Copa 2018