Às vésperas da Copa do Mundo, o Bomnegócio.com conseguiu inserir o futebol na publicidade sem mudar o que vem fazendo consistentemente há alguns meses. Diego Armando Maradona foi contratado para uma propaganda em que faz o papel de uma irritante poltrona. Brasileiros lamentam uma jogada perdida, e o argentino começa a provocar.

A ideia é exatamente a mesma de várias propagandas anteriores. Já participaram Supla, Compadre Washington e Sérgio Malandro. Um móvel ganha a cabeça de um personagem que incomoda os donos até que eles decidem colocá-lo à venda no site. Com Maradona, o Bomnegócio.com consegue tirar uma casquinha da Copa sem investir um real em patrocínios.

A campanha foi desenvolvida pela agência de publicidade NBS, que ganhou a conta do site em outubro de 2011 e tem entre outros clientes Oi, Coca-Cola e Petrobras. A filmagem com Maradona foi feita em Dubai, no Oriente Médio, onde ele ganhou o cargo de embaixador do esporte do Conselho de Esportes da cidade. O comercial com o ex-jogador de futebol argentino vai ser veiculado nacionalmente e começa nesta sexta-feira (16) em TVs aberta e fechada.


Notícia Maradona Bomnegócio.com Publicidade Mídia Copa do Mundo

Número do dia

9 milhões

de reais é o valor estimado dos aparelhos de ginástica que foram instalados no Parque Olímpico e serão usados por atletas profissionais.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
2Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
3Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
4Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
5Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Rede de fast-food argentina fecha com AFA para Copa do Mundo
8Análise: Neymar não precisava de acordo com a Globo
9Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
10Cruzeiro resgata apelido e faz campanha por Libertadores