Kiev é uma cidade transformada. No centro da cidade, na Praça da Independência, para qualquer lugar que se olhe é possível ver a Liga dos Campeões. O local é usado para qualquer tipo de aglomeração pública, seja comemorações em jogos do Dynamo de Kiev, seja em partidas da seleção ucraniana, seja em atos políticos.

Foi ali que, em 2014, por exemplo, houve uma revolução que mudou a história da Ucrânia. Um dos prédios centenários pegou fogo, inclusive. A Euromaidan, como ficou conhecida, derrubou o presidente do país e provocou uma série de mudanças no sistema sócio-político ucraniano.

Dessa vez, no entanto, o local foi transformado pelo futebol.

A avenida Khreschatyk, espécie de Avenida Paulista ucraniana, com seis faixas, está fechada. Tomada pelo Champions Festival.

O acesso é livre, mas todos são revistados. Ali dentro, um palco tem shows das 11h às 23h. E o lugar é um desfile de ativações da Uefa e dos patrocinadores da Liga dos Campeões.

A maioria das marcas apostou, é claro, no futebol. Minicampos podem ser vistos nos estandes da Nissan, da MasterCard e do UniCredit. Em cada um, o visitante pode chutar uma bola e acertar no gol.

A Sony também focou a ativação no futebol, mas de videogame. No estande, são vários PlayStation 4 para que a galera se divirta.

A Heineken montou dois bares, um deles bem próximo ao palco, para vender seu produto. E é difícil e conseguir achar algum ucraniano ou turista que não esteja com um copo da cerveja na mão.

Ideia parecida teve a PepsiCo. O refrigerante Pepsi e a batata frita Lay's são vendidos em um enorme estande e também são figurinhas carimbadas nas mãos de muita gente.

Por último, a Adidas focou seus esforços na megaloja de produtos do torneio que podem ser comprados pelos visitantes. Há a bola oficial da marca, além de uma réplica e da versão mini.

O Champions Festival ainda conta com a exposição da taça do torneio, a famosa orelhuda, e tem um espaço chamado Champions Gallery, com uma série de fotos e registros históricos do torneio.

O evento começou nesta quinta-feira (24) e segue até o domingo (27), um dia após a final, sempre das 11h às 23h.

*O reporter viajou a convite da Nissan


Notícia Liga dos Campeões Ativação