Jogo do Atlético-MG liderou audiência na TV fechada

Jogos exclusivos têm gerado boa audiência ao Fox Sports nos últimos dias.

Em alguns casos, a emissora fechada atingiu mais público no universo da TV por assinatura até que canais abertos, considerando o público medido nos canais esportivos (masculino, de 18 a 49 anos).

Na semana passada, o jogo de ida da Copa do Brasil, entre São Paulo x Cruzeiro, o Fox Sports registrou 3,68% de audiência na Grande São Paulo, ficando em primeiro lugar na TV fechada, com uma vantagem de 433% sobre o Multishow, o segundo colocado, com 0,69% pelo Kantar Ibope. No share (participação sobre o número de TVs ligadas), o canal obteve 13%.

Na capital paulista, com a ajuda da partida, a emissora também ficou em primeiro lugar no total do dia e no horário nobre (das 18h à 1h), ficando 385% acima do SporTV, o segundo colocado entre os canais de esporte, e 176% à frente do Multishow, o vice-líder no geral.

Contando a medição nacional, que engloba os 15 principais mercados do país, a partida obteve 3,34% pelo Kantar Ibope. Isso representa 241% acima do SporTV (0,98%). 

A participação do jogo foi de 12%. Já a Globo, com a final do Big Brother Brasil, teve 28% de share. Ao todo, mais de 1,7 milhão de telespectadores passaram pelo canal durante a exibição do confronto.

Outro jogo exclusivo, Atlético-MG x Sport Boys, pela Copa Libertadores, conquistou 1,65% da audiência pela medição nacional. O índice alçou o Fox Sports também à liderança entre os canais fechados e o deixou 146% acima do SporTV. Com o resultado, a emissora também ficou à frente de canais abertos como Band, SBT e RedeTV!.

No último sábado, o bom desempenho voltou a acontecer em um jogo exclusivo. Pelo Campeonato Espanhol, a vitória de virada do Real Madrid sobre o Sporting Gijón conquistou média de 1,02% no ranking nacional para o universo da TV por assinatura, ultrapassando todas as emissoras abertas, com exceção da Globo. 


Notícia São Paulo Fox Sports Audiência Ibope

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Conar suspende campanha de sócios do Flamengo
2Em parceria com Guarulhos, Corinthians anuncia time masculino de vôlei
3Com Djokovic, Lacoste volta a ter presença no tênis
4Athletic Bilbao troca Nike por New Balance
5Dono do Olympiacos compra Nottingham Forest
6Análise: Qual o limite para o marketing no esporte?
7COB acerta contrato com fornecedora de equipamentos de treino
8Clubes apostam em planos populares para atrair sócios
9Superliga Chinesa renova contrato de title sponsor
10Inter estreia em casa com campanhas do clube e da Nike