Foto: Reprodução / Twitter (@FCBarcelona)

O Hebei Fortune pode ter colocado em prática uma estratégia das mais elaboradas para contar com o argentino Lionel Messi. O clube chinês quer usar o atacante Lavezzi e o zagueiro/volante Mascherano, amigos pessoais de Messi, como trunfos para seduzir o camisa 10 do Barcelona em um futuro próximo. As informações são do jornal espanhol Mundo Deportivo.

De acordo com a publicação, o Hebei Fortune chegou a fazer uma proposta de 100 milhões de euros pelo craque na penúltima janela de transferências. Messi, no entanto, recusou a oferta e, em novembro, renovou seu contrato com o Barcelona até 2021, com uma multa rescisória de 700 milhões de euros.

Após a recusa, o time chinês decidiu, então, apostar em outra estratégia. Em janeiro, contratou Mascherano, amigo e companheiro de Messi por oito anos no Barcelona, e que tem mais de uma década de convivência com La Pulga na seleção argentina. A ideia é usar o próprio Mascherano e também Lavezzi, que já faz parte do plantel do clube desde 2016, para ter Messi após o término do contrato com o Barcelona.

Segundo o Mundo Deportivo, a intenção seria que o jogador, eleito cinco vezes como melhor do mundo, encerrasse a carreira no futebol chinês. Ainda de acordo com a publicação, a intenção é mexer com a parte emocional de Messi, justamente porque “dinheiro não é problema”. Dessa forma, Lavezzi e Mascherano devem aparecer cada vez mais em ações de marketing do clube. Tudo para “cutucar” Messi.

Além dos argentinos, o Hebei Fortune possui em seu elenco o brasileiro Hernanes, que voltou ao clube após um semestre defendendo o São Paulo no Campeonato Brasileiro. Aloísio “Boi Bandido”, também ex-São Paulo e que fazia parte do plantel do clube, foi vendido em janeiro para o Meizhou Meixian Techand, da segunda divisão do país.


Notícia Messi Lavezzi Mascherano Hebei Fortune futebol chinês Barcelona

Número do dia

900 milhões

de euros deve faturar o Barcelona neste ano, um incremento de 40% em relação à temporada passada; meta é de chegar a 1 bilhão em 2021.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Copa do Nordeste é primeiro torneio do continente a ter produtos licenciados
2Desodorante Axe, da Unilever, fecha com rivais Boca Juniors e River Plate
3Patrocínio da Petrobras é destaque em lançamento de novo carro da McLaren
4Centauro patrocina amistoso do Barcelona em Pernambuco
5Osasuna fecha com Hummel e é mais um a substituir Adidas
6Band abre mão de Copa, que só terá Globo na TV aberta
7Alfa Romeo Sauber acerta patrocínio da Claro na F1
8Empresa de bebidas energéticas pode comprar Force India, da F1
9Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
10Santos faz ação inteligente e usa Dodô errado para anunciar Dodô certo