A loja de departamento Havan fechou mais um patrocínio no futebol. Na última semana, a empresa acertou um contrato com o Atlético Paranaense, e a marca será parceira do time de Curitiba até o fim da temporada de 2018.

Pelo acordo, a empresa ficará exposta na manga do uniforme do time. A marca também manterá um espaço no uniforme de treino do Atlético Paranaense.

“Estamos orgulhosos por ter recebido a confiança de uma empresa tão representativa para estampar a sua marca em nosso uniforme”, afirmou em nota o diretor comercial do Atlético Paranaense, Mauro Holzmann.

O clube de Curitiba, no entanto, não é a primeira aposta da Havan no futebol, ainda que esse seja o contrato mais contundente até o momento. A marca chegou a ser estampada no uniforme do Grêmio, também nas mangas, mas de forma pontual; a companhia aproveitou a presença da equipe gaúcha na final da Copa do Brasil de 2016.

Na época, o Grêmio exaltou a presença da marca por fazer parte do programa ‘sponsor experience’, em que o clube propunha uma experiência a uma empresa com todas as ativações de um patrocínio. A parceria, no entanto, não saiu do pontual.

Na Série A, a Havan teve neste ano outro parceiro. Com foco na exposição que a Libertadores geraria ao time, a Havan fechou patrocínio à Chapecoense, com a marca nas mangas.


Notícia Atlético Paranaense Havan.Patrocínio

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
5Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
10Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021