A Gillette resolveu apostar no grupo humorístico Desimpedidos para fazer uma ação relacionada ao futebol. A empresa chamou Pelé para promover um desafio com Fred, principal nome do canal de humor.

O programa exibido no YouTube foi ao ar na quarta-feira (30), quando os Desimpedidos relembravam os melhores momentos de um desafio promovido pelo grupo. Pelé desafiou Fred para uma partida de futebol, que foi disputada em uma versão simplificada, própria para a idade do ex-jogador: futebol de botão.

A iniciativa faz parte da campanha “Dura Muito” da empresa. A ideia é reforçar a durabilidade das lâminas usadas em produtos da Gillette. Colocar Pelé para jogar futebol mais uma vez, mesmo que no botão, leva à associação buscada pela empresa.

A Gillette mantinha patrocínio à seleção brasileira de futebol até o fim de 2015, mas deixou o aporte após os escândalos do então presidente, José Maria Marin. Neste ano, chegou a fazer comercial com Neymar, mas com foco no patrocínio global que a companhia mantém com o Barcelona; o jogador se transferiu recentemente ao Paris Saint-Germain.

O grupo Desimpedidos tem sido requisitado pelo mercado publicitário em ativações do futebol. Em julho deste ano, a Bridgestone já havia recorrido ao canal para fazer ações da Libertadores. Marcas como Adidas, Lay’s e Fox Sports também já usaram o mesmo artifício.


Notícia Gillette Pelé Desimpedidos

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
5Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
10Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021