O Fluminense fechou um novo patrocínio. O clube carioca assinou com a universidade Mackenzie, com um contrato que será válido até o fim deste ano. A marca “Mackenzie Rio” ficará exposta nas mangas do uniforme do time.

A estreia da marca será já no jogo contra o Corinthians, na próxima quarta-feira. A Globo exibirá a partida para todo o país, com exceção de Minas Gerais. O duelo poderá consagrar o time paulista como campeão brasileiro deste ano.

“Estamos extremamente satisfeitos com a chegada da Universidade Mackenzie, que tem muitos anos de experiência e um número gigante de alunos. Vamos divulgar a marca no Brasil inteiro e temos outros objetivos, como por exemplo trazer descontos para os sócios que pretendem continuar apostando na sua qualificação. Seguimos com um trabalho intenso para conseguir novas receitas para o clube e estamos obtendo avanços significativos”, comentou em nota o diretor executivo geral do Fluminense, Marcus Vinícius Freire.

Na última semana, o Fluminense já havia apresentado um patrocínio máster para o restante da temporada, com um contrato assinado com o site de busca de preço Zoom. A companhia substituiu a Universal, companhia americana que ficou um mês na camisa da equipe.


Notícia Fluminense Mackenzie Patrocínio

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
2Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
3Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
4Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
5Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Entre abertas e pagas, Brasil Open fecha com quatro emissoras
8Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
9Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
10Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021