O Fluminense e o Twitter firmaram uma parceria para promover conteúdos publicados pela conta do time na plataforma. De acordo com o contrato, os tweets podem ser patrocinados por anunciantes e levados a uma audiência ampliada para além dos mais de 1 milhão de seguidores do clube. 

Entre os conteúdos prometidos aos torcedores estão vídeos dos treinos, lances de jogo, a festa da torcida antes e durante os jogos, imagens dos vestiários, escalações e transmissões ao vivo das coletivas de imprensa.

“O Twitter é uma rede de interesses que conecta as pessoas com suas paixões, abrindo espaço para que as marcas engajem com os consumidores. Com a parceria, o Fluminense está aproveitando o conteúdo de qualidade que produz na plataforma para se aproximar de anunciantes e criar a possibilidade de obter uma nova fonte de receita. Essa prática é uma tendência mundial que está crescendo cada vez mais no Twitter no Brasil”, disse Luan Knaya, gerente de parcerias de esportes do Twitter para a América Latina.

“O Fluminense entende que o tema digital é extremamente eficaz para alavancar novas receitas e cada vez mais aproximar o torcedor. Existem projetos em curso focados em integração de base de dados e técnicas de analytics com o objetivo de expandir o alcance e potencializar diversos assuntos estratégicos para o clube. A parceria com o Twitter é um grande passo", declarou Carina Ceroy, Diretora de Comunicação e Relações Institucionais do Fluminense.             

Com a parceria, o Fluminense se une a outros clubes brasileiros e estrangeiros que também possuem este tipo de acordo com o Twitter, entre eles Corinthians, Santos, Real Madrid e Barcelona.


Notícia Fluminense Twitter parceria

Número do dia

206 milhões

De reais é a renda bruta de bilheteria da Arena Corinthians desde a sua inauguração, antes da Copa de 2014.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos
2Dez empresas disputarão licitação para gerir comercializações da Conmebol
3Patrocinadora, Evonik compra parte de Borussia Dortmund por R$ 80 milhões
4 CBF confirma criação da Série D
5Vereador apresenta projeto de lei para São Paulo não perder CT em 2022
6Unicred faz 1ª campanha publicitária com Cesar Cielo
7Mayweather cobrará 25 milhões de dólares por uso de espaço em suas roupas
8Tom Brady esconde logotipo da Nike e reativa batalha de marcas na NFL
9Com investidores, Michael Jordan e Derek Jeter compram Miami Marlins
10Análise: Conhecer o cliente é a próxima tarefa dos clubes no Brasil