O Novo Basquete Brasil ganhou um novo astro para as partidas da próxima temporada. O Flamengo apresentou nesta quinta-feira (18) o novo reforço para seu time de basquete. O brasileiro Anderson Varejão, que por mais de dez anos jogou na NBA por Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors, acertou com o time para o período 2017/2018.

Varejão é o segundo jogador brasileiro de destaque na NBA que resolve embarcar para a Liga Nacional de Basquete nos últimos meses. Em novembro de 2017, o Franca anunciou a chegada de Leandro Barbosa, o Leandrinho, que jogou por equipes como o Phoenix Suns e o próprio Golden State Warriors. Foi o primeiro campeão da liga americana a disputar o Campeonato Brasileiro.

Carismático, Anderson Varejão era usado pelo Golden State Warriors em ação com torcedores. A mais famosa era a “noite das perucas”, em que os torcedores usavam uma imitação de seu cabelo. O fato chegou até a entrar no Livro dos Recordes, quando 22 mil pessoas bateram o recorde de maior concentração de perucas do mundo.

Com esse peso, tanto esportivo quanto de marketing, o Flamengo tem se preparado para tornar o brasileiro em uma grande atração em suas partidas. “O Anderson é o jogador de basquete mais carismático do Brasil. Temos muitas ações de marketing, produtos licenciados, que serão todos de comum acordo, e a peruca é sem dúvida um carro-chefe”, falou o diretor de esportes olímpicos do Flamengo, Marcelo Vido, durante a entrevista coletiva que apresentou o atleta na Gávea.

E não são só os clubes que ganham com a chegada dos dois atletas. A Liga Nacional de Basquete celebrou a entrada dos dois nomes, que valorizam o Novo Basquete Brasil e seus eventos paralelos, caso do Jogo das Estrelas, por exemplo.

“Na parte comercial e promocional, o NBB passa a ser um produto e um mercado de alto valor agregado para esses jogadores. E vai atrair mais interesse do público, mais audiência, mais possibilidades de interação, de ativação. Eu acho que a gente consegue com esses jogadores aumentar a base de fã do basquete”, comentou o gerente comercial e de marketing da LNB, Álvaro Cotta, à Máquina do Esporte.

Para a Liga, também é simbólico na chegada dos dois jogadores o aumento do nível técnico que o torneio ganhou nos últimos anos, em igualdade com outras ligas mundiais que poderiam levar jogadores como Leandrinho e Varejão.

 


Notícia Flamengo Varejão NBB