Flamengo já tem José Aldo como representante do clube no UFC

Flamengo já tem José Aldo como representante do clube no UFC

Uma Taça Guanabara disputada por lutadores com calções de Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo. Essa é, a princípio, a ideia da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) para se aproximar das artes marciais mistas (MMA, na sigla em inglês), e ganhar exposição no mercado.

A entidade firmou convênio com a Confederação Brasileira de MMA (CBMMA), e cada uma terá um papel distinto na criação desse campeonato. Enquanto os dirigentes do futebol se encarregam de mobilizar clubes, os da confederação irão elaborar a parte técnica, como as regras das lutas.

“O MMA está crescendo muito, e nós vamos mostrar aos times que há vantagens financeiras, novos torcedores para fidelizar, exposição de marca, possibilidade de criar novos produtos, novas propriedades de patrocínio, ou seja, ‘n’ alternativas”, afirma Otavio de Melo, diretor de marketing da Ferj.

O próximo passo é se reunir com os principais times de futebol do Rio para saber se há interesse na proposta. A princípio, sabe-se que o Flamengo teria maior interesse, principalmente por já ter um lutador patrocinado, José Aldo. Vale lembrar, todavia, que Aldo é contratado pelo Ultimate Fighting Championship (UFC, então não poderia disputar esse Estadual.

Por outro lado, o Fluminense já acenou negativamente em mais de uma ocasião, sobretudo no período em que o UFC foi realizado no Rio. “É uma coisa que tem de ser estudada”, pondera Idel Halfen, vice-presidente de marketing da equipe. “Hoje, investimos em futebol e esportes olímpicos, até por estarmos em um ciclo olímpico, e podemos analisar a ideia, mas as prioridades serão essas”.


Notícia Marketing Campeonato Carioca MMA Flamengo