O CNB E-Sports Club, que usa uniforme da  Adidas

As marcas de material esportivo começam a voltar suas atenções aos esportes eletrônicos e aos chamados esportes da mente. Por trás da iniciativa está a tentativa de se conectar ainda mais com as novas gerações de consumidores.

“O e-sport [esporte eletrônico] é uma realidade no mercado brasileiro e mundial. Os jovens consideram o e-sport como algo tão importante quanto a atividade física. Vemos que existe espaço para o desenvolvimento de qualquer estilo esportivo, seja ele em campo ou virtual”, comenta Bruno Almeida, gerente sênior de RP da Adidas Brasil.

A empresa alemã de material esportivo conta com parcerias nos esportes eletrônicos tanto no Brasil quanto no exterior. No país, a Adidas é a fornecedora do CNB E-Sports Club, um dos principais times de esportes eletrônicos do Brasil. A equipe, inclusive, vende os uniformes com três listras em sua loja online. Os preços variam de R$ 119,99 a R$ 159,99.

“A Adidas também tem parcerias fora do país, principalmente no mercado asiático”, conta Almeida, cuja empresa atua como fornecedora de material esportivo das equipes.

André Akkari, do pôquer, que é embaixador da Puma

A Puma, por sua vez, deu um passo na direção dos esportes da mente ao assinar com o jogador de pôquer André Akkari um contrato de um ano. O jogador é um dos três brasileiros a vencer a Série Mundial de Pôquer (WSOP na sigla em inglês).

“A repercussão [do anúncio do patrocínio] tanto no digital quanto na imprensa foi muito boa. No momento, estamos discutindo duas ou três ideias de projetos com o André Akkari. Ele é um embaixador muito forte neste universo de esportes eletrônicos e da mente”, comenta Fábio Kadow, diretor de marketing da Puma do Brasil.

“Esses atletas têm uma preparação física muito forte e contam com muitos adeptos. É um segmento novo, muito forte e faz todo o sentido conversar com esse consumidor”, completa o executivo.

Já a Under Armour teve contrato com a jogadora de pôquer Kristy Arnett, que foi embaixadora da marca nos Estados Unidos.

A Nike, por sua vez, não possui nenhum investimento nessa área. Recentemente, apenas lançou uma edição da chuteira Mercurial Superfly em parceria com a EA Sports, empresa de games. 


Notícia Adidas Puma Nike Under Armour E-Sports Esportes Eletrônicos Esportes da Mente Material Esportivo