Adam Silver, comissário da NBA

A NBA pode ser a primeira das grandes ligas dos Estados Unidos a implantar rebaixamento. Pelo menos foi isso o que deu a entender o comissário Adam Silver, que comanda a entidade. A ideia seria para punir franquias que percam muitos jogos e até os fãs que torcem para que seu time perca para ter melhores opções no draft.

“Vamos ter que reagir e mudar os incentivos. É frustrante. Tenho falado com gente do futebol europeu e, não sugiro que façamos na NBA, mas eles têm o melhor incentivo possível: as equipes são rebaixadas”, afirmou Silver.

Para o dirigente, a queda traz grandes prejuízos, como diminuição de cotas de TV, dinheiro de bilheteria e pelo fato de não enfrentar mais as principais equipes. Na NBA, por outro lado, uma péssima campanha serve para o time obter melhor posição no próximo draft, que escolhe os novos talentos para integrar a liga.

“Se for esse o caso, então, definitivamente temos que mudar as regras”, afirmou o dirigente, em entrevista à ESPN norte-americana. 


Notícia NBA Rebaixamento Gestão

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Poty expande contrato e coloca água no São Paulo
2Cinemark exibe Copa do Brasil nos cinemas
3Europeus abrem uniformes e ganham novas marcas
4Após ação com torcedores, Adidas lança 3º uniforme de clubes
5Nike apresenta uniformes para nova temporada da NBA
6Internacional faz enquete para nomear sócio-torcedor popular
7Palmeiras gera nova alta na audiência da Globo
8Em novo clássico nacional, Globo mantém alta no Ibope
9Grêmio fecha com rede de lojas parceira da Apple
10Juventus oficializa patrocínio na barra da camisa