Adam Silver, comissário da NBA

A NBA pode ser a primeira das grandes ligas dos Estados Unidos a implantar rebaixamento. Pelo menos foi isso o que deu a entender o comissário Adam Silver, que comanda a entidade. A ideia seria para punir franquias que percam muitos jogos e até os fãs que torcem para que seu time perca para ter melhores opções no draft.

“Vamos ter que reagir e mudar os incentivos. É frustrante. Tenho falado com gente do futebol europeu e, não sugiro que façamos na NBA, mas eles têm o melhor incentivo possível: as equipes são rebaixadas”, afirmou Silver.

Para o dirigente, a queda traz grandes prejuízos, como diminuição de cotas de TV, dinheiro de bilheteria e pelo fato de não enfrentar mais as principais equipes. Na NBA, por outro lado, uma péssima campanha serve para o time obter melhor posição no próximo draft, que escolhe os novos talentos para integrar a liga.

“Se for esse o caso, então, definitivamente temos que mudar as regras”, afirmou o dirigente, em entrevista à ESPN norte-americana. 


Notícia NBA Rebaixamento Gestão

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por


Banner

Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Adidas faz campanha online por uniforme do Flamengo
2Com mais TV, Palmeiras apresenta faturamento recorde
3Globo obtém recorde de audiência com classificação do Corinthians no Paulistão
4Análise: Velha mídia mantém importância no esporte
5Agência Go4it investe em empresa de esportes eletrônicos
6NBA fecha com Vivo para promover transmissão na internet
7TOP 10 – Os dez clubes de maior destaque na última década
8Atlético-PR e Coritiba decidem Paranaense pelas redes sociais
9CSM cuida de hospitalidade e cria copos personalizados em final da Superliga
10Globo apresenta nova divisão de cotas a clubes