Adam Silver, comissário da NBA

A NBA pode ser a primeira das grandes ligas dos Estados Unidos a implantar rebaixamento. Pelo menos foi isso o que deu a entender o comissário Adam Silver, que comanda a entidade. A ideia seria para punir franquias que percam muitos jogos e até os fãs que torcem para que seu time perca para ter melhores opções no draft.

“Vamos ter que reagir e mudar os incentivos. É frustrante. Tenho falado com gente do futebol europeu e, não sugiro que façamos na NBA, mas eles têm o melhor incentivo possível: as equipes são rebaixadas”, afirmou Silver.

Para o dirigente, a queda traz grandes prejuízos, como diminuição de cotas de TV, dinheiro de bilheteria e pelo fato de não enfrentar mais as principais equipes. Na NBA, por outro lado, uma péssima campanha serve para o time obter melhor posição no próximo draft, que escolhe os novos talentos para integrar a liga.

“Se for esse o caso, então, definitivamente temos que mudar as regras”, afirmou o dirigente, em entrevista à ESPN norte-americana. 


Notícia NBA Rebaixamento Gestão

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Conar suspende campanha de sócios do Flamengo
2Em parceria com Guarulhos, Corinthians anuncia time masculino de vôlei
3Com Djokovic, Lacoste volta a ter presença no tênis
4Athletic Bilbao troca Nike por New Balance
5Dono do Olympiacos compra Nottingham Forest
6Análise: Qual o limite para o marketing no esporte?
7COB acerta contrato com fornecedora de equipamentos de treino
8Clubes apostam em planos populares para atrair sócios
9Superliga Chinesa renova contrato de title sponsor
10Inter estreia em casa com campanhas do clube e da Nike